Se a limpeza de casa já era importante, no cenário atual, se tornou imprescindível. Ela passou a ser o cenário de trabalho e descanso para muito mais gente e os cuidados com a higiene se tornaram questão de primeira ordem para manter a saúde da família. Mas é preciso tomar cuidado para efetuar uma higienização adequada, sem agredir as áreas que serão limpas, como o piso, para manter a beleza e ainda não reduzir a vida útil do material aplicado ali. Confira abaixo as principais dicas de especialistas do setor para higienizar corretamente cada um deles. Confira:

Porcelanato

Muito comum nas casas brasileiras, a limpeza do porcelanato dever ser feita com detergente neutro, que já removem com facilidade a sujeira. “Em caso de necessidade de uma higienização mais específica, pode-se utilizar água sanitária ou desinfetante diluídos em água para auxiliar na remoção de bactérias e outros micro-organismos”, explica Anderson Patricio Eziquiel, coordenador de Garantia da Qualidade da Eliane Revestimentos e Decortiles.

Piso vinílico

A limpeza diária de um piso vinílico é feita com água e detergente neutro. Dissolva detergente neutro na água, e com um pano úmido, esfregue sobre toda superfície. Após o enxague, é importante secar tudo com um pano limpo.

“Os vinílicos colados podem ser lavados, mas é preciso secá-los de modo a não deixar a água empoçada por muito tempo, pois isso pode provocar o descolamento gradual das placas. Os vinílicos clicados nunca podem ser lavados” explica Bianca Tognollo, gerente de marketing América Latina da Tarkett.

Mas atenção, nunca utilize removedores ou solventes à base de petróleo nesse tipo de piso:

“O removedor pode danificar a superfície do vinílico. O efeito inicial é tirar a proteção superficial do produto e provocar a falsa sensação de brilho. A longo prazo, isso irá danificar o produto e criará mais dificuldade para a limpeza”, alerta o gerente.

Piso em madeira maciça

Para a limpeza da madeira, o recomendado é preparar uma solução fraca de detergente neutro em água e passar um pano ou rodo de esponja umedecido nessa solução por toda a superfície a ser higienizada. Deve-se evitar excesso de água sobre o piso, a qual poderá penetrar pelas juntas.

“O uso do álcool entrou em evidência nos últimos meses. O que muita gente esquece é que ele é um solvente e que esse tipo de produto pode causar manchas ou perda de brilho nos pisos que já são envernizados na fábrica”, acrescenta Denílson Cristiano, gerente de produção da Akafloor.

Granito

Para limpar superfícies de granito, o Grupo Guidoni, maior exportador de rochas ornamentais da América Latina e referência no setor, recomenda o uso de água corrente em pisos e fachadas com aplicação das rochas ornamentais e utilizar produtos de limpeza específicos indicados pelo fornecedor, utilizando detergente neutro apenas para remoção de manchas mais resistentes.

Quartzitos

O quartzito une a estética refinada dos mármores e resistência característica dos mármores. Depois de impermeabilizada, essa pedra nobre é praticamente imune a problemas. Para limpá-la, a fabricante Decolores indica utilizar somente água e detergente neutro.

Isopor® Reciclado

Os perfis decorativos e revestimentos fabricados por meio da reciclagem de resíduos plásticos de Isopor® são alternativas ecológicas aos materiais naturais para o revestimento de paredes internas e externas, pois não são impactados pela presença de umidade e não são atacados por pragas como o cupim.

Para limpá-los diariamente, a Indústria Santa Luzia recomenda umedecer um pano ou esponja macia em detergente neutro e álcool etílico 46º GL diluídos em água acima de 50%. Após a aplicação nas superfícies, seque-as com pano seco e limpo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.