A arquiteta Vanessa Larré acaba de lançar a sua coleção Status Quo, composta por objetos produzidos com a milenar técnica de Murano. Texto e imagens: divulgação.

“A coleção de objetos em Murano surge como uma inspiração orgânica dentro de minhas experiências pessoais e profissionais. Observando como objetos se comportam no ambiente, atravessei o fazer arquitetônico para criar peças que dão um novo significado a esses elementos”, explica Vanessa.

Vanessa Larré tem escritório em Balneário Camboriú, Santa Catarina, e é a primeira vez que cria uma série completa de objetos. A arquiteta se inspirou nas sacolas de papel usadas como lamparinas nas praias catarinenses: como um objeto tão cotidiano poderia emprestar tanta beleza e marcar momentos importantes na vida de alguém? “Vi como um objeto simples ganha beleza pelo seu entorno e o contexto do seu uso, ganhando um valor maior do que a sua função original”. Isso também a levou a pensar na ressignificação dos objetos como forma de criar um futuro mais sustentável: O design e a inovação transformando o valor como se percebe o objeto, numa instância onde a forma, conteúdo e propósito são requisitos para o novo mundo.

“A maneira como olhamos o mundo diz muito sobre a maneira como acontecemos no mundo. Tudo que você coloca consciência se transforma. Toda escolha é um ponto de criação”, completa a arquiteta e designer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.