Sexta-Feira, 27 de Janeiro de 2023

Thyssenkrupp é reconhecida por organização internacional

Pelo sétimo ano consecutivo, a thyssenkrupp foi reconhecida pela organização internacional Carbon Disclosure Project (CDP) como uma das empresas líderes mundiais em proteção climática. Por meio de sua estratégia de sustentabilidade, a companhia contribui para reduzir as emissões, diminuir os impactos climáticos de suas atividades e apoiar o desenvolvimento de uma economia livre de CO2. A thyssenkrupp é uma das 330 empresas internacionais na “A-List 2022’’ de proteção climática do CDP, junto a outras 15 empresas alemãs.

De acordo com Martina Merz, CEO da thyssenkrupp: “a thyssenkrupp não se destaca apenas por suas capacidades tecnológicas. Como parte das empresas que viabilizam a transformação verde, queremos dar uma contribuição significativa para a descarbonização da economia e da sociedade”.

Para a companhia, sustentabilidade é um elemento fundamental de sua missão e um componente essencial de sua estratégia corporativa. O objetivo é oferecer produtos, tecnologias e serviços inovadores que contribuam para o sucesso dos clientes do Grupo em todo o mundo, sob o ponto de vista sustentável.

Para conseguir isso, a thyssenkrupp é guiada por três pilares da sustentabilidade. Com base nisso, o desenvolvimento sustentável passa a ser ecologicamente adequado, socialmente responsável e a empresa pode garantir sua eficiência econômica. 

“Nos próximos anos, precisaremos de um programa abrangente de renovação industrial para atingir as metas climáticas globais”, pontua Merz. “Em pouco tempo, pretendemos transformar toda a nossa economia global baseada nos combustíveis fósseis em carbono-neutro. Com as tecnologias que temos para construir uma economia baseada no hidrogênio, oferecemos total suporte a esse tipo de desenvolvimento”.

Por ser um grupo de empresas, a companhia está bastante envolvida em pontos cruciais da cadeia de valor. Com suas soluções para a produção de aço verde, a thyssenkrupp Steel fará uso de grandes quantidades de hidrogênio, de forma a contribuir significativamente para a redução de emissões prejudiciais ao clima. Com a decisão de construir uma usina de redução direta, o caminho para o aço ecológico na Alemanha já está definido, uma vez que a planta produzirá cerca de 2,5 milhões de toneladas de aço verde a partir de 2026, e evitará a emissão de até 3,5 milhões de toneladas de CO2. 

O negócio de eletrólise thyssenkrupp nucera é um dos poucos no mundo que já oferece tecnologias para a produção de hidrogênio verde em escala industrial. Os engenheiros de plantas da thyssenkrupp Uhde são especialistas na construção de fábricas de amônia e metanol – o meio de transporte necessário para o hidrogênio verde. Além disso, os inovadores rolamentos de grande porte da thyssenkrupp rothe erde estão possibilitando o boom da energia eólica.

É importante destacar que a eletromobilidade também se beneficia da tecnologia e know-how da companhia. Oriundo do segmento de motores a combustão, o grupo de empresas que compõe a thyssenkrupp começou a desenvolver novos produtos para acionamentos elétricos há dez anos. Hoje, a empresa fabrica componentes eletrônicos para grandes montadoras, em equipamentos que, anteriormente, eram usados para produzir tecnologia de combustão.

O CDP analisou um total de quase 15 mil empresas em todo o mundo ao longo de sua avaliação. A escala de classificação varia de A, para desempenho superior, a D para desempenho inferior, o que faz com que a thyssenkrupp esteja entre os 2% de empresas que chegaram à melhor categoria. O CDP realiza sua avaliação anual em nome de mais de 680 investidores com mais de US$ 130 trilhões em ativos e 280 grandes compradores com gastos de aquisição de US$ 6,4 trilhões, entre outros profissionais.

Serviço

Para mais informações, acesse www.thyssenkrupp.com/en/home.

Compartilhar artigo:

Sexta-Feira, 27 de Janeiro de 2023
ArQXP – Experiências Inovadoras em Construção | Alameda Lorena, 800 | Cj. 602 CEP 01424-000 Tel.: 55 (11) 2619.0752