Content

The Lodge, Uppercut, Udine, Itália, 2017

Novo alojamento do Golf Club em Udine, norte da Itália, é entregue pelo Uppercut. Solução eficiente reduz consumo de material e reforça linha minimalista do escritório.  Por Marília Muylaert / Foto Massimo Crivelari

A simplicidade da proposta da dupla de engenheiros Filippo Burelli e Giacomo Borta, do estúdio Uppercut, segue critérios de inovação em um sistema pré-fabricado que reduz o tempo de produção e o consumo de energia durante a após a construção. Um conjunto de quarto edifícios destinados à recepção de hóspedes é cercado por vegetação protegida, o The Lodge está localizado em Fagnana (Udine), dentro do Udine Golf Club, mais recente aquisição do Hotel & Resort Villaverde. As unidades podem acomodar desde um casal de hóspedes até oito pessoas com conforto.

Os prismas retangulares estão suspensos sobre o solo de forma escalonada, orientados de leste a oeste. Caratcterizados por grandes janelas que se abrem diretamente para o campo de golfe, a poente, os edifícios distinguem-se pela versatilidade de utilização e pelo design minimalista, capaz de se integrar perfeitamente com a paisagem e dialogar com os demais equipamentos do clube.

Integração

Os quatro volumes se caracterizam por um desenho minimalista que corresponde basicamente à solução estrutural, simples e inspirada em critérios de produção e construção ágil. Os sistemas de estruturas de aço foram projetados e pré-fabricados com o objetivo de reduzir a um tempo mínimo de construção, que foi de apenas 9 meses. O processo de design foi desenvolvido em uma plataforma BIM aberta à colaboração entre profissionais: uma escolha que tornou possível pesquisar e harmonizar novas soluções, feitas sob medida para o cliente.

A solução minimalista não atende apenas à velocidade de execução, mas está alinhada ao conceito de menor impacto ambienta possível, por meio de uma cuidadosa escolha de materiais de construção — de acordo com critérios de reutilização — e do respeito de critérios avançados de economia de energia. Um estudo acurado de todos os nós estruturais garantiu a homogeneidade e a continuidade do sistema de isolamento, eliminando todas as possíveis pontes térmicas. O resultado é um edifício com alta performance térmica tanto durante o inverno, com baixa dispersão de calor, como durante o verão, graças à fachada ventilada e à alta inércia térmica. Todo o sistema opera apenas com fornecimento de energia elétrica e evita o uso de combustíveis fósseis. “A gestão cuidadosa do projeto em todas as fases, desde o planejamento e o cumprimento do cronograma de execução permitiram que a obra fosse concluída em apenas 9 meses, garantindo total conformidade com o orçamento ”, explicam Burelli e Borta.

Uma estrutura simples

As quatro unidades são compostas por 2 apartamentos com entradas independentes, sendo o volume superior ligeiramente pendente acima do inferior, proporcionando um abrigo para o pátio abaixo. O volume mais baixo, que tem acabamento de ébano preto, contrasta com o superior, brilhante.

No piso térreo (41 m²), precedido por um pátio coberto e um vestíbulo com o seu próprio corredor, abre-se um estúdio com todas as comodidades essenciais e um quarto duplo com grandes janelas com vista para o campo de golfe, um guarda-roupa e um banheiro. No primeiro andar, há um apartamento (91 m²) composto por dois quartos duplos, dois banheiros e uma ampla sala de estar com cozinha e sofá-cama.

O espaço aberto inclui uma cozinha, um sofá-cama e é iluminado por uma grande janela virada a oeste, que recebe a luz natural e oferece uma vista panorâmica sobre o campo de golfe. O primeiro dos dois quartos duplos, que abriga um guarda-roupa, tem vista para os alpes, enquanto o quarto principal, com roupeiro e banheira, tem vista para as colinas. As duas unidades também podem ser conectadas umas às outras, graças a uma dupla porta interna localizada perto da escada, transformando-se em uma estrutura única capaz de acomodar grandes grupos, graças aos seus 130 metros quadrados de área.

Móveis e equipamentos

Os móveis foram feitos sob medida para proporcionar uma melhor organização dos espaços. Superfícies amplas e sólidas definiram a criação do guarda-roupa, suspenso, graças à base arredondada. Dntre os materiais escolhidos, destacam-se a madeira Afrormosia e o aço inoxidável acetinado, que combinam elegância e praticidade, de modo a responder à flexibilidade de uso exigida nas instalações de alojamento. Completamente independente também são as camas, equipadas com estruturas componíveis e dão total versatilidade no arranjo da sala. No térreo, um importante trabalho de design foi feito na parede personalizada entre o banheiro e a área de estar: a solução encontrada foi pensar no elemento divisor como uma ilha multifuncional, com prateleiras para ambos os ambientes.

Dados da obra

Local: Fagagna, Udine, Itália
Projeto: 2016
Início da obra: fevereiro de 2017
Inauguração: outubro de 2017
Área do térreo: 75 m2
Altura: 6 metros

Principais fornecedores 

Projeto arquitetônico: UPPERCUT (Filippo Burelli, Giacomo Borta)
Projeto estrutural: Amsis
Sistemas mecânicos: Alessandro Madonna
Sistemas elétricos: Roberto Martinig
Paisagismo: Stefano Morsolin e Matteo La Civita
Marcenaria: Fabbro Arredi
Móveis: Moroso spa e Venezia HomeDesign
Cortinas: Mycore srl
Reforço de concreto: Borgna Eric
Estrutura metálica: Offma
Concreto pré-fabricado: Zanette e Mario Mucci
Portas e janelas: Alunord
Sistemas elétricos e mecânicos: Grimel
Impermeabilização: ZML
Acabamento interno: EF servizi e appalti
Paisagismo: Battistella Golf
Mobília externa: Carpenteria Furlano
Revestimentos e louça sanitária: Cambielli Edil Friuli
Iluminação: Karboxx e iGuzzini illuminazione
Pintura: Conte Colori
Cozinha: R.P. Ambienti di Piazza Riccardo

Conteúdo publicado originalmente pela Revista aU

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.