Sesc Consolação traz exposição “Conversas na Praça: o urbanismo de Jorge Wilheim”

0
134

Exposição recupera o legado de um dos grandes nomes da arquitetura e do urbanismo no país e convida o público à reflexão sobre cidades mais humanas e sustentáveis

Quem vive em São Paulo ou já visitou a cidade, certamente conhece o Vale do Anhangabaú, o Pátio do Colégio ou o centro de eventos Anhembi. Além de cartões-postais, que representam a grandeza e a importância histórica da metrólope, esses lugares tem em comum um nome: Jorge Wilheim (1928 – 2014), arquiteto e urbanista responsável pela reurbanização e construção destes símbolos paulistanos.

Em busca de valorizar o legado de um dos grandes nomes da arquitetura, o Sesc Consolação exibe a exposição Conversas na Praça” durante o mês de novembro. Nela, o público pode se aprofundar na vida e obra de Wilheim, desde sua saída precoce da Itália, por conta da Segunda Guerra, até a carreira como arquiteto, urbanista e gestor público, onde desenvolveu e aplicou importantes modelos de planejamento e urbanização em mais de 20 cidades brasileiras.

A expografia, assinada por Pedro Mendes da Rocha, transformou o Espaço de Convivência do Sesc Consolação em uma praça, onde as pessoas interagem com o conteúdo exposto, além de dialogarem sobre a importância de espaços públicos que acolham os habitantes das pequenas e grandes cidades.

Uma riqueza de obras

Conversas na Praça nasce de um último desejo/projeto de Jorge Wilheim: um banco, localizado em alguma praça da cidade de São Paulo, onde ele pudesse sentar com seus livros, seus desenhos, seus pensamentos e com os jovens, para conversarem horas a fio sobre suas vidas e locais que habitam.

O material expositivo, composto por desenhos técnicos, croquis, fotografias, vídeos e arquivos sonoros – pertencente à família Wilheim e reunido pelo curador Guilherme Wisnik – apresenta as principais obras e projetos do urbanista: o Parque Anhembi, a cidade de Angélica no Mato Grosso do Sul, a reconfiguração do Pátio do Colégio, o calçadão da Rua Augusta, os planos diretores das cidades de Curitiba e Joinville e a reurbanização do Vale do Anhangabaú – espaço que nos últimos meses encontra-se no centro do debate paulistano.

Apesar de todo “caráter técnico” que o material evidencia, a exposição busca aproximar o público leigo de conceitos importantes para uma cidade cada vez mais habitável, já que Jorge Wilheim sempre esteve atento e interessado às mudanças da sociedade no tempo em que viveu, buscando fontes de energias alternativas, soluções para as novas formas de trabalho autônomo e flexível, e caminhos para a participação da sociedade na política.

No prefácio do livro “JW – A Obra Pública de Jorge Wilheim”, Manuel Castells, importante sociólogo espanhol e amigo íntimo de Wilheim, afirma que o arquiteto e urbanista se inspirava no modelo de Leonardo da Vinci, onde seu projeto maior, por meio de sua obra, era o de contribuir para o surgimento de um novo Renascimento, em que mentes e artes, música e políticas públicas, convergissem para dar à luz à promessa de uma civilização urbana de caráter humanista, eliminando principalmente a pobreza e a degradação ambiental.

Além da exposição o Sesc Consolação  preparou uma série de atividades que buscam fortalecer ainda mais o discurso e a obra de Jorge Wilheim por meio de aulas abertas, bate-papos, construção de maquetes, oficina de desenho urbano, entre outros. Durante os meses de novembro e dezembro, a unidade recebe professores do Mackenzie e da Escola da Cidade, profissionais de arquitetura que visam promover a reflexão sobre cidades mais sustentáveis e acolhedoras, gerando o bem-estar para sua população.

Desta forma o objetivo não é ser apenas uma mostra sobre arquitetura e urbanismo, mas sim um espaço ambientado para a discussão de uma cidade mais humana, mais acolhedora, valorizando os espaços públicos capital paulista.

Programação de novembro

4/11, 19h30 – Morar em São Paulo
Bate-papo sobre planejamento urbano, a cidade e seus lugares de moradia. Com Carmen Silva (líder do MSTC), Nabil Bonduki (professor da FAU-USP), Paula Santoro (professora da FAU-USP) e Stephanie Ribeiro (arquiteta, escritora e feminista negra).

5/11, 17h – Jorge Wilheim e organização da II ONU HABITAT
Aula aberta com a professora Denise Antonucci (Mackenzie).

7 a 14/11, 19h – Fotografia e arquitetura: estudo de caso das galerias Ouro Fino e Ouro Velho
O curso visa realizar uma explanação sobre a fotografia de arquitetura e sua técnica. Com a fotógrafa Maíra Acayaba, especialista em arquitetura brasileira e seus interiores.

9 a 23/11 (sábados), 14h – Arquitetura para Crianças
Atividades práticas sobre arquitetura com Casacadabra. As crianças montarão um espaço de convivência utilizando caixas e materiais recicláveis.

12/11, 12h – Anhembi: Arquitetura e Inovação
Aula aberta com a professora Marianna Boghosian Al Assal (Escola da Cidade).

16 a 23/11 (sábados), 14h – Percursos Gráficos: a nova Augusta de Jorge Wilheim e a nossa Augusta
Oficina que aborda diferentes linguagens gráficas (fotografia, desenho e colagem) como formas de leitura do espaço urbano, focando as possibilidades expressivas de cada participante. O espaço da cidade a ser percorrido e interpretado é a Rua Augusta, tomando-se como ponto de partida a leitura que dela realizou o arquiteto e urbanista Jorge Wilheim, em seu projeto “Nova Augusta”, de 1973.

19/11, 12h – Anhembi: questões urbanas ontem e hoje
Aula aberta com o professor Pedro Beresin (Escola da Cidade).

25/11, 19h30 – Como você se desloca na cidade?
Bate-papo sobre mobilidade urbarna e os desafios de transitar pela cidade. Com Silvana Cambiaghi (Prefeitura de São Paulo), Alberto Paranhos (ONU), Ciclocidade (associação que tem como missão contribuir para a construção de uma cidade sustentável) e Jorge Bassani (professor da FAU-USP).

30/11, 14h – Literatura e Cidade na América Latina
Encontro com Ana Cecília Olmos, escritora e doutora em literatura, que reflete sobre a relação entre a criação literária na América Latina e a cidade.

*Fotos e informações de Sesc São Paulo.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments