Projeto envolveu um intenso processo de desenvolvimento com alta tecnologia para construção da ponte

Ponte Octávio Frias de Oliveira. Foto: Divulgação

O desafio da projeção e da construção da Ponte Octávio Frias de Oliveira, localizada na cidade de São Paulo, é o tema da segunda edição do Obras Icônicas. A série da plataforma Papo Construtivo da Votorantim Cimentos, mostra a participação da empresa em grandes obras de infraestrutura no Brasil.

A beleza da arquitetura da famosa Ponte Estaiada, inaugurada em 2008, condiz com a ousadia da sua inovação de trazer para o Brasil a primeira ponte estaiada curva, com mastro em X e com tabuleiros sobrepostos. Com mais de 138 metros de altura, a Ponte Octávio Frias de Oliveira é a única ponte no mundo formada por duas pistas estaiadas (suspensa por cabos) em curvas independentes de 60º.

Durante a execução da obra, que durou aproximadamente 3 anos, foram utilizados cerca de 58.700 mil m³ de concreto de diversos tipos: concreto armado, concreto protendido, concreto com gelo, concreto com alta resistência inicial e Concreto de Alto Desempenho (CAD) com 70 MPa e 37 GPa. O projeto envolveu diversos profissionais e um intenso processo de alta tecnologia, unindo a expertise e experiência da Votorantim Cimentos com as qualidades da construtora, do arquiteto e do projetista.

Quando comparada a uma ponte convencional, a estaiada fazia mais sentido por conta do tamanho do seu vão, de 150 metros. “Existe um campo-ótimo de utilização de cada tipo de solução. A ponte estaiada a partir de 150 metros de vão é a solução mais econômica”, garante o engenheiro Catão Francisco Ribeiro, diretor da Enescil e responsável pelo projeto de um dos cartões postais mais famosos da capital paulista. Hoje, ela continua sendo a solução mais econômica para projetos cujo vão é de até 1.200 metros, de acordo com o engenheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.