Sábado, 02 de Julho de 2022

Primeiro edifício multipisos em madeira do Brasil é inaugurado

Loja de 4 pavimentos com estrutura em madeira engenheirada é marco do sistema construtivo. Texto: Divulgação | Fotos: Fran Parente

Primeiro prédio em altura construído com CLT no Brasil está aberto ao público. Localizada na Av. Faria Lima, acaba de ser inaugurada a nova loja conceito da Dengo, marca de chocolates premium que traz em sua essência a sustentabilidade como propósito e prática.

Fachada da loja conceito da Dengo na Av. Faria Lima, São Paulo.

O projeto tem 4 pavimentos e foi desenvolvido pelo escritório de arquitetura Matheus Farah e Manoel Maia.  As lajes são de CLT, uma novidade no mercado brasileiro, que vem ganhando espaço e importância na construção civil mundial. As placas importadas foram fornecidas pela Urbem, uma empresa Amata, que está em fase de implementação da primeira fábrica nacional em larga escala de madeira engengeirada, por meio de sua parceria com a KLH, empresa austríaca líder mundial e precursora da tecnologia. Já as vigas e pilares, foram produzidos pela empresa brasileira Rewood, que também foi responsável pela montagem da estrutura de madeira.

A estrutura de madeira maciça fica visível no interior da loja.

Para Manoel Maia, sócio do escritório, a escolha do material é uma inovação que converge com a preocupação do cliente com o meio ambiente. “A madeira é um material com baixo impacto ambiental, que captura carbono durante sua produção e gera uma obra mais limpa, leve e rápida”, relata. “Vemos a tendência dos prédios em madeira crescer fora do país. Com a nova loja da Dengo, mostramos para o mercado nacional o potencial deste novo sistema”, conta. 

A paleta de cores remete ao universo do cacau.

Para Ana Belizário, gerente de projetos e novos negócios da AMATA, a conexão entre as marcas envolvidas no projeto em torno do propósito de negócios rentáveis e socioambientalmente corretos foi importante para a realização. “Trabalhamos em conjunto para que a loja trouxesse para o público a ideia de que sustentabilidade também significa olhar para a cadeia produtiva dos insumos que consumimos – seja o caminho do cacau ao chocolate, seja o caminho da floresta plantada para a construção civil.”, detalha a executiva. 

Memórias afetivas em prol da construção de marca

O clima de Fantástica Fábrica de Chocolates está presente em todo o espaço, que tem maquinário de 1940 e tubulações à mostra. Os dutos transparentes abastecem o moinho com grãos de cacau, permitindo que os clientes assistam ao vivo a confecção de produtos personalizados. No térreo, o visitante encontra um café e uma loja. No primeiro andar, há uma sorveteria e um espaço onde as crianças podem fazer seus próprios chocolates. O terceiro andar conta com uma área para drinks feitos com produtos brasileiros e um generoso espaço para eventos, integrado à área externa. Mesas e bancadas estão à disposição dos visitantes em todos os pavimentos. As aberturas e transparências permitem que tanto o exterior da loja como a divisão entre os andares possam ser observados. 

O piso em caquinho e a nostalgia de uma fábrica de chocolates dão o clima afetivo ao projeto.

Maia ressalta aspectos que ajudaram a compor a identidade da marca no espaço e a memória afetiva do visitante. “O piso é feito de caquinho, material tradicionalmente paulista – assim como a Dengo-, que surgiu do reaproveitamento da produção de cerâmica na cidade se tornando muito comum entre os revestimentos nacionais. Ele também remete ao piso vermelho das fazendas de cacau na Bahia”, reforça o arquiteto. As cores da fruta também ditaram a paleta escolhida que ficou entre o vermelho, o amarelo e o preto, com destaque para a madeira da estrutura aparente no interior da loja. 

Ficha Técnica Loja Dengo

Data do projeto: 2017

Fase 01: 2017

Fase 02: 2019

Data da obra: 2020

Equipe: MFMM Arquitetura: Manoel Maia, Matheus Farah, Alex Pataro, Andreia Oshiro, Fernanda Miguel, Henrique Costa, Isabella Rosa, Matheus Aleixo, Pedro Benatti, Polimnia Garro, Rafhael Silva

Fornecedores: 

  • Lajes madeira: Amata
  • Vigas, pilares e montagem: Rewood

Construtoras:

  • Fase 01: Pedra Forte 
  • Fase 02: Máximo Arquitetura e Engenharia
  • Área terreno: 801,43m² 
  • Área construída: 1.499,38m² 

Projetistas complementares:

  • Ar Condicionado: Ar Engenharia
  • Caixilhos: Vedelem
  • Cozinha: Estillo Arquitetura
  • Estrutura: Stamade / Calil
  • Interiores: MFMM Arquitetura
  • Impermeabilização: Omnitrade
  • Luminotécnico: Mingrone
  • Marcenaria: Viecelli
  • Paisagismo: Soma Arquitetos

Fotos: Fran Parente

Compartilhar artigo:

Share on pinterest
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Assessoria de Imprensa | DC33 Comunicação
Bianca Benfatti press@dc33.com.br
Glaucia Ferreira coordenacao@dc33.com.br
Danilo Costa danilo@dc33.com.br
Phone: (11) 996543535
www.dc33.com.br
@dc33comunicacao

Parceiros

2021 © Copyright – ArqXP – content | business | travel
Sábado, 02 de Julho de 2022
ArQXP – Experiências Inovadoras em Construção | Alameda Lorena, 800 | Cj. 602 CEP 01424-000 Tel.: 55 (11) 2619.0752