Nova edição da tradicional Mostra Artefacto Goiânia reúne grandes nomes da arquitetura em ambientes que abordam tudo aquilo que é essencial na vida contemporânea.

Foi valorizando o fatto a mano, principal característica do DNA da Artefacto, que a marca se tornou referência em mobília de alto padrão. “Convidamos você a vivenciar a coleção Artefacto Edition 2020, que mais uma vez prestigia a integridade do desenho em móveis 100% patenteados. Essenciais também são nossos parceiros em mais uma edição da mostra Artefacto, evento que há algum tempo já foi absorvido pelo calendário das exposições de decor mais importantes do país. Muito mais do que furniture, a Artefacto representa mesmo um estilo de vida cool, confortável e elegante“, conta Paulo Bacchi. Os arquitetos que participam desta edição da Mostra Artefacto Goiânia contam com projetos feitos para sonhar e se inspirar, embasados na premissa do que é essencial para morar bem.

Aneton Vilela

Aneton mistura tonalidades e estilos a fim de atingir layouts leves e atemporais. Um loft integrado de 79 m², revestido em madeira, marca a sua estreia na Mostra Artefacto Goiânia. “Todo o mobiliário e a decoração fluíram bem: acredito que a ‘mesa-bar’ com a escrivaninha Enzo sejam pontos de destaque na ambientação, bem como a zona de bate-papo proposta entre as poltronas Poline e a mesa Oro”.

Alexandre Milhomem

Alexandre viabiliza projetos arquitetônicos de interiores e urbanismo por toda a região Centro-Norte. O arquiteto também já marcou presença em três edições da Mostra Artefacto Goiânia e, desta vez, apresenta uma composição de varanda orgânica. Dentro da ideia de trazer aconchego, o espaço foi envelopado em painel de laca com boiserie, e também abraçado pelo mobiliário estrelado da Artefacto. O balanço Positano, o sofá Illi e a moldura Boyer dão brilho extra ao layout conceitual estabelecido por Milhomem.

Bruno Veras e Juliano Costa

Os arquitetos atuam há quase duas décadas nos setores residencial, comercial e imobiliário de Goiânia, Brasília, São Paulo e Rio. “Trabalhamos os elementos naturais como pedras, concreto aparente, tijolo à vista e madeira”. A dupla estreou na Mostra Artefacto Goiânia em 2019, e neste ano volta para assinar um layout contemporâneo de espaço multiuso. “Uma grande composição central com poltronas e puffs serviu como ilha. É possível receber, ler e relaxar”, explicam.

Conecta

O Conecta é um modelo colaborativo composto por escritórios distintos de seis arquitetas e uma designer de interiores. O grupo estreia na Mostra Artefacto Goiânia 2020 com um loft de 100 m² distribuídos em quarto, living, jantar e escritório. A integração por meio da cor foi o ponto de partida para que a narrativa pudesse avançar com singularidade. O sofá Kubrick, a cabeceira Piet e a mesa Lena ficam em compasso com a atmosfera elegante e contemporânea da composição.

Elaine Saliba

Entusiasta de uma estética mais limpa e retilínea, sua busca por resultados atemporais é uma preocupação constante. Para a sua segunda participação na Mostra Artefacto Goiânia, Elaine apresenta uma sala de estar integrada ao jantar, de 70 m², em paleta de tons neutros que reforçam o clima de conforto e o shape elegante dos móveis Artefacto – como a mesa de jantar Lena, o sofá Piero e o biombo Sinclair.

Doriselma Mariotto

“Gosto de trabalhar com elementos naturais como madeira, pedras ou tecidos orgânicos, a exemplo do linho”, explica a profissional. Pela décima quinta vez na Mostra Artefacto Goiânia, a veterana assina uma varanda integrada, de 60 m², em ritmo equilibrado junto ao mobiliário da marca. O sofá Nouvel, a poltrona Petrer e a estante Maurice são alguns hits do selo Artefacto e da Beach & Country que integram a composição.

Maurem Fraçoise

Há mais de duas décadas a artista plástica e designer de interiores Maurem faz projetos residenciais, corporativos e hotelaria no estado de Goiás. A veterana, que já esteve em 16 edições da Mostra Artefacto, desta vez traz um living com leveza e sensibilidade ao potencializar o olhar e apostar em novos enquadramentos dentro do equilíbrio do viver bem. “O contraste entre um cenário clássico e um mobiliário contemporâneo evidencia a fácil adequação dos produtos Artefacto a qualquer estilo”, explica.

Kerley de Melo

“Transito por elementos que trazem conforto e praticidade, como a madeira e as rochas naturais”, exemplifica sobre a estética de seus projetos. A arquiteta que acumula 15 edições da Mostra Artefacto Goiânia – e duas passagens na edição de Brasília – desta vez assina um espaço de 68 m² marcados pela integração entre estar, jantar e quarto. ”O essencial foi conseguir unir móveis confortáveis, e ao mesmo tempo belos, e trazer o verde das plantas para dentro do ambiente”, revela. A composição traz a mesa de jantar Poiret, a cadeira Jackie e o buffet Greta, entre outros móveis da Artefacto.

Nando Nunes

Partidário da simplicidade, Nando equilibra a harmonia entre o viver e fazer o bem. “O essencial na casa e no trabalho é a memória afetiva”, ressalta. Para a sua segunda Mostra Artefacto Goiânia, ele apresenta um home theater de atmosfera sensível. A composição ficou valorizada com o módulo Escape, a poltrona Lounger e a mesa Yego, do catálogo Artefacto.

Medlim Siqueira

“Gosto de usar elementos práticos, naturais (couro, pedras, plantas), tecnológicos e atemporais”, explica. Uma sala de reunião bastante prática, de 22 m², marca sua estreia na Mostra Artefacto Goiânia. “Os móveis trouxeram mais conforto para o projeto, assim como a obra de arte e a iluminação foram essenciais para alcançar o resultado aconchegante e ao mesmo tempo sofisticado”, ressalta.

Pedro Ernesto Gualberto e Leandra Castro

“Uma boa conversa para entender o modo de vida dos clientes, bem como o conforto e a praticidade, são essenciais para decodificar o projeto”, revelam. Presentes em todas as edições da Mostra Artefacto Goiânia, desta vez eles apresentam um espaço integrado de estar e jantar com 57 m². A mesa de jantar Jud, o módulo Renzo e a cadeira Giorgio harmonizam a proposta lado a lado com obras de arte sob curadoria da dupla.

Tati Tavares e Alex Dalcin

Os arquitetos estão em atividade desde 2007 e desenvolvem projetos singulares nos setores rural, residencial e corporativo em Goiás, Tocantins, Pará e Mato Grosso. “O essencial é morar com experiência. É vivenciar cada espaço e observar que eles são únicos e refletem a personalidade e a autenticidade do cliente”, ressaltam. Para a segunda edição da dupla na Mostra Artefacto, eles projetaram um quarto em matiz de laranja, paleta que reverbera a sensação de aconchego e destaca o balanço Angatu.

Sonia Prado

A funcionalidade, os tons discretos e a sofisticação são características recorrentes nos projetos que assina. “Tudo que é ostentação e excesso tende ao desequilíbrio. Busco sempre integrar beleza com função”. Para marcar sua sétima participação na Mostra Artefacto Goiânia, Sonia apresenta um ambiente de living + jantar com a cartela de móveis da Artefacto, a exemplo da cadeira Jey, da coluna de jantar Enzo e do sofá Argand.

A Edition 2020

Há seis anos como consultora/designer da marca, esta é a terceira coleção autoral de Patricia Anastassiadis, composta por 20 peças. A Edition 2020, tradicional coleção anual da Artefacto, abarca como uma evolução da narrativa adotada nas linhas anteriores. A arquiteta propõe, por meio de três moods distintos, uma relação de maior proximidade entre o indivíduo e o seu habitat, nos mais diversos contextos, seja por meio do habitáculo em si, seja pelo ecossistema em que está inserido e as formas elementares constituem um dos pontos de partida de seu traçado. “O ângulo reto é uma invenção humana, não existe na natureza. Por isso buscamos uma relação mais direta com o corpo, a curvatura da anatomia, o que proporciona uma maior relação de afeto”.

Fotos por Edgar Cesar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.