Morar mais por menos

0
110

A edição paulistana da já tradicional mostra apresenta equilíbrio entre design, soluções criativas e custo acessível. 

Com 73 edições realizadas em 14 capitais brasileiras desde 2005, o Morar Mais atua por meio do licenciamento da marca. Cada exposição é marcada por conceitos bem definidos materializados em projetos de interiores que seguem critérios importantes de sustentabilidade, inclusão social e brasilidade. Essa mescla de preceitos garante a longevidade da mostra no mercado, sempre pautada pelo incentivo à tecnologia, inovação e à economia local, criando oportunidades de intercâmbio entre as empresas participantes dos três setores da economia (indústria, serviços e comércio), além dos profissionais envolvidos. A edição paulistana do evento foi aberta ao público no dia 3 de outubro, mas ficará aberta até 17 de novembro, na Rua Pedroso de Moraes, 2188, Alto de Pinheiros. 

A mostra, que nasceu no Rio de Janeiro há 16 anos, acomoda 60 ambientes em duas casas vizinhas construídas na década de 1960. O local foi escolhido a dedo pelas idealizadoras Ligia Schuback e Sabrina Schuback Rocha. As construções têm ares modernistas e abrigam mais de 40 anos de memórias afetivas. Essa atmosfera de boas energias ainda está por ali, segundo Ligia: “mesmo que hoje estejam vazias, permanece o ar de festa, familiaridade e cumplicidade”, explica. A seguir, confira uma seleção de 21 ambientes em exposição.

Canto de Trabalho | Ju Bortolotto 

O espaço combina mobilidade a boas soluções, com criatividade e funcionalidade. Os móveis são soltos e de porte médio, facilitando a troca de layout quando convier. As paredes ganharam cores através do uso de adesivos e tintas, um recurso barato que pode ser renovado sem muito custo. O piso laminado, assentado sobre o piso existente, diminui a necessidade de obra, produzindo menos entulho, além de ser um material ecologicamente correto. A madeira utilizada para criar as molduras é de refugo de marcenaria, sobras de cortes usados na fabricação de móveis. Luminárias e peças decorativas de preços acessíveis provam que o bom design não precisa ser caro. 

Cozinha das Sensações | Cristiane Schiavoni

A Cozinha das Sensações é uma homenagem ao chef paulista Renato Caleffi, referência nacional em gastronomia orgânica. O espaço apresenta soluções econômicas, como o reaproveitamento de materiais, e peças funcionais feitas a partir de refugo de serralheria, como cestas e cabideiro feitos com ferro de descarte. Com um toque industrial, o cinza e a madeira contrastam com o coral, que reveste uma das paredes em um harmonioso contraponto.

Estúdio da Lareira | Idalia Daudt

Provando que é possível apresentar espaços criativos, aconchegantes e funcionais com um valor acessível, o estúdio parte da lareira original da casa, datada dos anos 60, para mostrar um ambiente com elementos, móveis e objetos de inspiração retrô mesclados aos estilos industrial e contemporâneo. Para compor o espaço, que dispõe de um hall com área de trabalho, cozinha e jantar conjugados, além do estar, dormitório e banheiro compartimentados, foram realizadas intervenções mínimas, com objetivo de gerar menos resíduo. Toda a iluminação é em LED de baixo consumo.

Sala Solstício | Deco Freitas e Nathalia Leme

A Sala Solstício é um espaço aconchegante, para descansar e relaxar curtindo uma boa música brasileira. Apresenta elementos que resgatam a brasilidade e soluções econômicas em um único ambiente. Com o reaproveitamento do taco existente e uso da madeira sustentável pinus, a sala conseguiu trazer o clima praiano para dentro da cidade.

Estúdio Lar Doce Casa | Anna Beatriz Fadul e Gregory Copello 

O Estúdio Lar Doce Casa foi pensado como um local onde a influenciadora pode trabalhar, receber amigos, morar e pesquisar sobre tendências. É um ambiente marcado pela integração, versatilidade e multifuncionalidade, com uma paleta de cores que promove o bem-estar e ressalta a singularidade do espaço. Pensando em novos usos para os revestimentos e materiais, a dupla desenvolveu uma marcenaria inteligente como solução para otimizar os custos. A técnica do frisado imprime um visual semelhante à madeira ripada, trazendo estilo e personalidade ao mobiliário com um custo mais em conta. Outro destaque é o piso monolítico, com um belo efeito sem junções, totalmente mineral e natural: não agride o meio ambiente, pois é um tipo de cal acrescido de resina, e ainda proporciona conforto térmico. Fotos: Raphael Biest

Sala de Jantar | Sula Miranda, Isabella Nalon e Juliana Atti

O espaço é uma homenagem à carreira da cantora Sula Miranda, rainha dos caminhoneiros, e transmite seu estilo, seu gosto pela decoração e sua história de vida. Um lustre feito com galhos, customizado especialmente para o ambiente, e uma parede de pallets em pinus de reflorestamento mostra que é possível reaproveitar materiais simples e transformá-los. Outro exemplo de reaproveitamento são as rodas de caminhão utilizadas como base para o banco de vidro. Fotos: Julia Herman Fotografia

Sala Multifuncional Diário do Arquiteto | Simone Goltcher 

Soluções criativas e marcas nacionais traduzem o conceito “o chique que cabe no bolso”. Boiseries nas paredes conferem sofisticação, enquanto o tom cinza reforça a elegância e o toque clean . Destaque para o vão com prateleiras e na disposição das poltronas e sofás. Ponto de encontro agradável e convidativo para relaxar e apreciar os conteúdos oferecidos durante o Morar Mais. Fotos: João Ribeiro

Apartamento da Influenciadora | Henrique Freneda

O projeto mostra que é possível montar um apartamento com personalidade e que caiba no bolso. Pensado para uma influenciadora digital, o apartamento com conceito aberto propõe acompanhar a moradora em seu estilo de vida, com soluções criativas e práticas para o dia a dia. Tons vibrantes, mobiliário moderno e iluminação em LED formam uma decoração conectada, que dispõe, inclusive, de uma parede instagramável. Fotos: JP Image

Quarto da Mãe Moderna | Danielle Dantas e Paula Passos 

O quarto da Mãe Moderna é um refúgio para uma mulher de personalidade que gosta de ter a natureza ao seu redor. O verde é uma presença forte no espaço, seja no mobiliário em tom pastel ou no adesivo com folhagens. Acolhedor, prático e feminino, o lugar combina com a primavera e suas nuances, adotando elementos que simulam uma atmosfera natural – como o revestimento vinílico que remete à madeira, cestos de palha natural e tricô.

Quarto do Filho Adolescente | Carina Pederzoli e Rodrigo Amaral, dos Mundos

O espaço foi pensado para um adolescente que curte surfe e skate. Não existe nada fixo e os móveis, além de leves, possuem rodízios, facilitando a mudança de layout que os jovens normalmente fazem entre a adolescência e o início da vida adulta, sem que isso implique em maiores gastos para seus pais. 

Jardim da Piscina | Marcelo Faisal 

Por coincidência, o projeto paisagístico foi realizado pelo próprio arquiteto-paisagista nos anos 2000. Com restauração e preservação da arquitetura original, foram introduzidas novas espécies junto à rica vegetação já existente, garantindo um projeto de baixíssimo custo, sustentável e com características tropicais. O uso de tinta nos pisos e na piscina representa uma nova tendência de construções de baixo custo e baixíssimas manutenções. O mobiliário contemporâneo com materiais orgânicos e sintéticos humaniza e convida para o bem-estar e para a convivência. 

Espaço da Mulher Empoderada | Jessica Castelli, Paulo Kobayashi e Roberto Fazilari 

O espaço foi pensado para mulheres entre 30 e 60 anos, conectadas e que gostam de deixar o seu lar sempre aconchegante e confortável. O projeto é baseado em materiais naturais e mobiliário reciclado, organizados de maneira elegante, despojada e funcional, refletindo o dinamismo da mulher moderna. A manutenção de elementos da estrutura original do espaço, aliada ao garimpo de peças em antiquários resultaram em um ambiente atemporal para morar e receber com aconchego e estilo.

Sala de TV | Olivia Cury 

Levando em consideração o desejo de criar um ambiente simples e aconchegante, a escolha do mobiliário priorizou cores neutras, materiais naturais e peças com desenho minimalista. O piso foi criado com retalhos de tapetes, destacando-se pela importância de transformar, reciclar e reduzir custos. Os objetos traduzem a individualidade e os sonhos de quem vive nesse espaço.

Apartamento QuintoAndar | João Marcos Calfat e Felipe Scarpa Julião

Com soluções criativas para compor um ambiente aconchegante e, ao mesmo tempo, com bom custo-benefício e mobilidade, o projeto tira partido de uma decoração sustentável e com elementos customizados. Foram usados materiais de descarte como o painel de madeira feito com sobra de assoalho e o tapete de retalhos, entre outras recursos, conferindo um clima urbano e intimista. A opção por móveis modulares facilita a reconfiguração do espaço e até mesmo a mudança para uma nova casa.

Banheiro Público Unissex e Acessível | Viviane Friedemann

Além de inclusivos, os Banheiros Públicos têm como premissa a sustentabilidade em cada detalhe. Os metais da Lorenzetti contam com uma tecnologia que permite uma economia de água de até 70% em comparação a outros produtos no mercado. A iluminação foi customizada através do uso de canos de PVC pintados de preto e as divisórias dos banheiros privativos receberam um acabamento muito especial: a arte do grafite pelas mãos do artista brasileiro Roger Taí. O resultado dessa mistura são ambientes cheio de personalidade e sem preconceitos!

Varanda Amazônia | Elaine Vilela de Sousa

Com mobiliário brasileiro e objetos de decoração inspirados na Amazônia, a proposta do espaço é apresentar um estar externo que valoriza a diversidade natural do país. O projeto visa despertar o senso crítico sobre a importância da Floresta Amazônica para todo o mundo, de beleza natural única e fundamental importância para o ecossistema mundial, ao mesmo tempo em que sofre com a ganância humana e o descaso com sua preservação.

Banho da Casa | Semíramis Alice

Com pegada conceitual, o Banho da Casa evoca uma atmosfera lúdica, sendo todo decorado em tons de nude – uma referência ao ambiente onde se fica nu, com a pele à mostra. Remetendo aos pelos da pele, paredes e forro são revestidos de uma grama sintética na cor nude, criando uma camada sensorial. A banheira é recheada de bolinhas, no mesmo tom, e o visual onírico é complementado com um letreiro em neon. Com intervenções pontuais na estrutura original, a reforma gerou o mínimo de entulho – os novos revestimentos foram instalados sobre os originais. Na decoração, destacam-se objetos com pegada sustentável como os vasos de planta feitos com materiais reciclados.

Cenário Perfeito no Quarto de Casal | Susana Damy

Com uma mínima intervenção, este espaço foi pensado no conforto e bem estar do morador que está em fase transição de casas e precisa ter seu imóvel impecável para encantar seus futuros moradores. O dormitório do casal é um dos ambientes mais desejados em uma residência e para trazer interesse e ar de modernidade ao antigo cômodo, foi instalado um carpete vinílico sobre o antigo piso de madeira. O projeto também conta com mobiliário e acessórios versáteis, que podem ser facilmente adaptados em uma próxima residência.

Furacão de Ideias | Cris Paola

A proposta é apresentar um “furacão de ideias”, com uma instalação diferenciada que é o ponto instagramável do evento. A escultura, que é o elemento principal do espaço, conta com a participação de arquitetos e designers de interiores do Morar Mais, que customizaram as cadeiras que constituem o “Furacão de Ideias”. Cada cadeira exposta na instalação está à venda: todo lucro será revertido para a instituição Decor Social. No mesmo ambiente, a ação “Papo Decor” dá semanalmente ao visitante a oportunidade de participar e criar um novo layout para sala de estar – ou seja, a cada semana haverá uma sala de estar diferente no mesmo espaço. Foto: JP Image

Jardim Tropical Consigaz | Catê Poli

O Jardim Tropical Consigaz é um espaço de estar e confraternização. Emoldurado por uma instalação com botijões de gás, é um jardim com plantas tropicais e folhagens exuberantes. Foi usado mobiliário brasileiro de corda náutica, móveis de madeira bruta de manejo sustentável, tapetes para área externa, lareiras a gás, iluminação com LED e vasos em polietileno.

Quarto Meu Mundo Mágico | Camilla Passos e Lúcia Vale

O quarto infantil “Meu Mundo Mágico” remete ao ambiente circense, com soluções práticas e acessíveis como tecidos e fitas. Propõe o uso de materiais recicláveis, como papelão e ripas de madeira do espaço original, ao lado de móveis de qualidade, almofadas e bonecas de ONGs. As cores, texturas e objetos escolhidos foram pensados para despertar o interesse lúdico nas crianças, deixando o espaço bem alegre, criativo e colorido.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.