Materiais conferem aconchego para o home office

0
154

Muito antes da quarentena imposta pelo novo coronavírus, o home office já estava cotado como uma das grandes tendência para 2020. O Pinterest 100, radar da rede social Pinterest, reuniu o comportamento de busca de imagens de mais de 320 milhões de pessoas no mundo, e categorizou o home office como interesse bem estabelecido entre seus usuários. 

Com o isolamento social e a adaptação da rotina, foi possível perceber que um ambiente organizado, com uma boa iluminação e conforto é essencial para se trabalhar em casa. Além dos itens ergonomicamente pensados, como cadeiras e mesas, alguns materiais podem se tornar aliados para a boa ambientação e aconchego para um dia mais produtivo.

Foto por Vinícius Moscato

No projeto do arquiteto curitibano Ralf Sperka, pensado para o apartamento duplex com a área social no piso superior, o espaço de home office foi feito no andar de baixo para que o advogado, proprietário do imóvel, pudesse atender seus clientes em casa, com privacidade e conforto. A sala do primeiro piso foi totalmente reformada. A ampla utilização  de madeira nas paredes, pisos e móveis, e o tom do material, garantem a sensação ideal de aconchego e sofisticação.

“A opção apresentada para esse home office foram duas estações de trabalho. Uma delas, um lounge com duas poltronas Charles Eames para um momento de leitura no escritório. A segunda opção possui mesa com interlocutor inteira de vidro, que confere a transparência e leveza necessária para o ambiente, e remontam ao conforto e o convívio característicos do lar”, explica Ralf. As cadeiras pantoja, com uso de madeira vazada, quebram a formalidade que muitas vezes acompanha um escritório. Todos os aspectos do home office harmonizam com o segundo piso, e oferecem o trânsito fluído entre os dois ambientes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.