Terca-Feira, 07 de Dezembro de 2021

Residência proporciona lazer bicolor no interior de São Paulo

Residência de descanso em Itatiba, interior da capital paulista, aproveita topografia do lote em proposta geométrica de implantação

Residência em Atibaia. Fotos: Edson Ferreira

A cobertura de madeira sobre o volume que integra estar e uma ampla cozinha americana parece flutuar sobre as paredes brancas. As tesouras de madeira, no perímetro da construção fechadas com vidro, tocam a superfície dos planos verticais em pontos específicos e são as responsáveis pela leveza da estrutura. A caixilharia branca de perfis esguios se abre para o verde do lote em desnível, localizado no interior de São Paulo, em Itatiba, no chamado Circuito das Frutas. A residência  foi construída para um casal na faixa de 60 anos, com filhos grandes. Na maior parte das vezes, é utilizada somente nos finais de semana, apenas pelo casal. “Os clientes queriam uma casa térrea, onde os quartos fossem integrados com a área externa, mas que tivesse certo respiro em relação à área social da casa”, conta Felipe Rassini, autor do projeto.

Essa demanda teve como resposta criativa o que o arquiteto chamou de pátio da Jabuticabeira. Entre os dois volumes cuidadosamente implantados no primeiro platô, o pátio separa de forma sutil a área privada da área social, exatamente como brifado pelos clientes. “Por dentro, a área social é interligada à área íntima por um corredor de madeira e vidro. No meio destes dois blocos, está a jabuticabeira. A árvore foi comprada ainda pequena, com apenas quatro anos. A ideia do morador é ver a árvore crescer junto com os netos”, conta Rassini.

Discrição bicolor

A paleta de cores do projeto parece ser restrita à cor natural da madeira e o branco — licença poética para o off-white de estofados e marcenaria — em todos os ambientes da casa. O revestimento geométrico da base do balcão da cozinha (sob o cooktop) é talvez a única exceção. 

A implantação

Dividido em dois grandes platôs, o primeiro recebeu a casa completa, com a já referida divisão íntima e social, separada pelo corredor amadeirado. O inferior, separado da casa por um talude gramado e degraus balizados por vigas de madeira, recebeu terraço com churrasqueira e uma discreta piscina.

A cobertura

A lógica da cobertura segue a separação das áreas seca e molhada. Sobre as úmidas, laje contínua para receber os reservatórios de água. Sobre as áreas secas, cobertura de madeira com fechamento de forro. 

Ficha Técnica

Área Construída: 250 m²
Início do projeto: 2014
Conclusão da obra: 2016
Arquitetura, interiores e Decoração: Rassini Arquitetura
Arquitetos: Felipe Rassini
Arquitetos colaboradores: Renato Martinelli (estagiário)
Construção e gerenciamento da obra:  Nível Perfil (construção) e Rassini Arquitetura (gerenciamento)
Projeto de iluminação: Felipe Rassini

Fornecedores

Concreto: JOFEGE
Madeiras e estrutura de madeira: Madeireira Santo Antonio
Tijolo aparente: FK comércio / OSC tijolos artesanais
Piso porcelanato: Elizabeth (modelo Savana tratado)
Caixilhos de alumínio: Perform
Mármores: Juma Pedras
Louças e Metais: Deca

Fotos: Edson Ferreira
Matéria reproduzida da revista aU edição 284

Compartilhar artigo:

Share on pinterest
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Assessoria de Imprensa | DC33 Comunicação
Bianca Benfatti press@dc33.com.br
Glaucia Ferreira coordenacao@dc33.com.br
Danilo Costa danilo@dc33.com.br
Phone: (11) 3129-4382
www.dc33.com.br
@dc33comunicacao

Parceiros

2021 © Copyright – ArqXP – content | business | travel
Terca-Feira, 07 de Dezembro de 2021
ArQXP – Experiências Inovadoras em Construção | Alameda Lorena, 800 | Cj. 602 CEP 01424-000 Tel.: 55 (11) 2619.0752