Content

Jovem desenvolve aplicativo para facilitar verificação de serviços em obras e ganha 1º lugar no Prêmio IEL de Estágio

Estudante do 10º período de engenharia civil, estagiário da Toctec Assessoria, empresa do Grupo Toctao, é autor da ideia e responsável pelo desenvolvimento de software que já está em fase de teste

Vitor Augusto Dib - 1º lugar na categoria Estagiário Destaque

Projeto desenvolvido pelo estagiário de engenharia civil da Toctec Assessoria, empresa do Grupo Toctao, Vitor Augusto Dib Martinho, foi o ganhador do Prêmio IEL de Estágio de Goiás 2019 na categoria Estagiário Destaque, subcategoria Ensino Superior. Estudante de Engenharia Civil na Universidade Federal de Goiás (UFG), o jovem de 23 anos foi premiado pelo desenvolvimento do Aplicativo Móvel para Realização de Fichas de Verificação de Serviços em Obra.

A premiação foi entregue em cerimônia realizada  na Casa da Indústria, em Goiânia. Esta foi a 15ª edição do Prêmio que reconhece as melhores práticas de estágio de Goiás. No total foram 17 finalistas, sendo nove de Goiânia e oito de outras cidades do interior do Estado.

Satisfeito com a conquista, Vitor considera seu projeto uma contribuição não só para a empresa em que atua, mas para a atividade de gestão de obras de engenharia de uma maneira geral, pois o software pode ser replicado e ampliado para se integrar a outros sistemas já existentes. “Estou muito feliz por ter ganho esse prêmio. É um reconhecimento muito positivo do meu trabalho e me estimula a sempre manter a inovação em minha vida profissional e até pessoal”. O objetivo do aplicativo de verificação de obras, segundo ele, é contribuir para garantir a qualidade e o cumprimento das normas, proporcionar mais efetividade e produtividade no trabalho, ganho de tempo, organização e economia.   

A engenheira mestre, Cécile Guimarães Ulhôa, conduziu o processo seletivo de estagiários por meio do qual Vitor foi contratado. Ela o acompanhou no desenvolvimento de seu trabalho durante dois anos e destaca que o estagiário sempre apresentou característica que contribuíram para seu desenvolvimento como a facilidade na área de tecnologia; mas o que de fato o fez conquistar esse prêmio foi a determinação de fazer. “Pensar e sugerir é fácil. O difícil é realizar o que se propõe e o Vitor fez isso. Várias pessoas já pensaram que seria melhor informatizar todo o processo de verificação, mas o ele se dispôs a executar a tarefa; fez todo o planejamento e até a programação do software. Realizar é o que faz toda a diferença”, observou ela.

Cecile destaca que desde o princípio ele recebeu todo o apoio da empresa que inclusive contratou outros estagiários para dar suporte ao trabalho diário a fim de que ele pudesse executar o projeto. Com o software pronto, já em fase de teste, a mestre em engenharia avalia que essa é uma enorme contribuição para a empresa, pois otimiza tempo e melhora a qualidade do processo.

Cécile Guimarães Ulhôa, destaca também a relevância do Prêmio IEL de Estágio. “O Prêmio estimula a criatividade, o aprendizado e desafia os estagiários a crescer e ir sempre além”, o que, em sua visão, contribui com o desenvolvimento de suas carreiras e abre portas no mundo profissional.  

Uma história de sucesso

O estudante de Engenharia Civil na Universidade Federal de Goiás (UFG) iniciou seu estágio no Grupo Toctao em abril de 2016, quando ainda estava no 4º período da graduação, em uma obra de condomínio residencial em Goiânia administrada pela Toctao Engenharia. A partir de janeiro 2019 passou a atuar na Toctec Assessoria, outra empresa do Grupo, que trabalha com desenvolvimento de tecnologia para a área de engenharia, com foco na implantação e coordenação de projetos em Building Information Modeling (BIM). O BIM faz referência a modelos de projetos de uma edificação, capaz de armazenar dados que fornecem informações reais dos objetos aos usuários de forma integrada e coordenada com os softwares compatíveis.

Atento a oportunidades de melhorias no seu ambiente de trabalho, o jovem de 23 anos conta que o processo de verificação e preenchimento das fichas manuais de check list nas obras era trabalhoso e teve a ideia de propor uma solução para tornar o processo mais rápido, efetivo e econômico. Daí surgiu a intenção de desenvolver o software para dispositivos móveis.

“Vi que haviam algumas opções no mercado, mas não atendiam a nossa necessidade específica. Então após um ano na obra, em 2017, decidi tentar criar algo para atender a demanda. Desafiei a mim mesmo e tive que aprofundar meus conhecimentos em programação para realizar esse projeto”, relata. Porém, todo os esforço, segundo ele, valeu à pena e o projeto também se transformou em seu trabalho de conclusão de curso, que será apresentado ainda neste semestre.

Hoje na Toctec ele atua na parte de aplicação do TocBim, programa desenvolvido pelo Grupo Toctao oferecido para o mercado, com aplicação do software nas obras, planejamento e acompanhamento de obras pelo software, realizando também treinamentos para a parte técnica tanto para clientes internos quanto externos. Agora, ele prossegue para pleitear o Prêmio IEL na etapa nacional, que será realizada ainda neste segundo semestre.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.