Domingo, 14 de Agosto de 2022

Jardim do tempo

O Ballistic Architecture Machine estabelece a sensação do tempo no projeto de reconstrução de residências de luxo de Pequim. Texto:v2com. Tradução: Maylson de Alencar. Fotos: LIN Banye.

O mundo acelerado do desenvolvimento imobiliário chinês não é adequado para ideias, temas e metodologias baseadas em paisagens que amadurecem lentamente. No entanto, a BAM acredita que o luxo na paisagem é fundamentalmente uma expressão do tempo. Enquanto a qualidade e a riqueza dos materiais na arquitetura e no design de interiores tendem a ser fatores definidores do ‘luxuoso’, a BAM acredita que o tempo ocupa esse papel numa paisagem – tempo dado para amadurecer, tempo e esforço para cuidar dela e mantê-la. Uma paisagem luxuosa pode, portanto, ser entendida como uma manifestação física do tempo.

Projeto de reconstrução de luxo

O local ocupa a extremidade norte do Parque Chaoyang dentro do Quarto Anel Rodoviário. No momento da contratação do BAM, a arquitetura do local era uma mistura de quatro torres residenciais ocupadas, cinco torres incompletas e desocupadas, um clube de membros de estilo chinês e várias portarias de estilo clássico em diferentes estados de funcionalidade. A paisagem existente também era uma miscelânea de espaços funcionais e disfuncionais, incluindo uma réplica em escala de um jardim imperial e uma bela e madura floresta artificial.

O projeto do BAM para a paisagem e o plano diretor unifica aspectos díspares do local em uma série perfeita de jardins, espaços funcionais e vias circulatórias. Os espaços paisagísticos existentes são misturados com novas paisagens. Estilos, épocas e referências culturais conflitantes são reconciliados com uma abordagem paisagística minimalista.

Limite da floresta

Na maioria das regiões do local, a circulação de buggy é empurrada para a periferia. No entanto, em algumas áreas-chave, os buggies passam pelo centro do local. Nessas áreas, é fundamental definir um limite claro além do qual os buggies não devem se aventurar. Um muro de contenção baixo, pontuado por cabeços de pedra baixa e pesada, marcando entradas importantes, demarca o limite da floresta central.

A BAM escolheu cuidadosamente as melhores árvores para plantar nos jardins MAHA de locais com histórias antigas. Os pinheiros verdes vêm diretamente da base de Taishan, na província de Shandong. O plantio foi atualizado para incluir mais verde para todas as estações. Os destaques sazonais apresentam espécies de plantas como videiras Wysteria, árvores de bordo, lírios de banana e corniso vermelho, infundindo cor e personalidade ao longo do ano.

Jardins pedestres e locais cerimoniais

A circulação ao redor do terreno é definida através de uma hierarquia sutilmente expressa através da pavimentação. O circuito principal, que circunda o local, é dividido em dois materiais – um material vazado permeável ideal para jogging ou patinetes infantis, e um caminho de caminhada de paralelepípedos de granito. O caminho com degraus de pedra diminui o ritmo da caminhada, permitindo apreciar a presença da floresta de dentro.

Jardins sazonais

Embora o clima de Pequim possa ser extremo, também experimenta a plenitude e as qualidades distintas de cada estação. Normalmente, as estações de inverno e verão são as mais longas, pontuadas por primaveras e outonos curtos, mas muito esperados. Os jardins para cada estação são pensados ​​para aproveitar a sazonalidade do plantio, trazendo identidades únicas para cada espaço. O Wintergarden é um jardim contido dentro de um muro de jardim tradicional que é pontuado com janelas e portões minimamente expressos. Plantado apenas com sempre-vivas, o jardim permanecerá verde durante o inverno cinzento e gélido de Pequim.

A entrada do Wintergarden, envolta por sempre-vivas, espreita para a floresta decídua artificial, com um caminho sinuoso guiando o caminho. O Wintergarden funciona como um pequeno espaço multifuncional para festas, eventos ou cerimônias de chá.

O Wintergarden funciona como um pequeno espaço multifuncional para festas, eventos ou cerimônias de chá. O espaço é ocupado por pinheiros esculturais, que parecem dançar juntos no espaço. Durante a temporada de inverno, o jardim austero ganha vida quando a neve cobre periodicamente o espaço, fazendo com que os pinheiros pareçam ainda mais expressivos do que o habitual.

Medido no tempo

Um jardim não pode ser construído em um dia. Deve-se permitir que cresça, e as paisagens devem ser mantidas, cuidadas e cultivadas. Quando se olha para uma paisagem magistral ou luxuosa, pode-se ver o próprio tempo em seus anos de crescimento, anos de manutenção e progressões sazonais. Ao contrário dos campos arquitetônicos que dependem de materiais raros ou caros para expressar luxo, uma paisagem só pode realmente alcançar uma expressão luxuosa medida em anos ou décadas. A ideia do BAM é estabelecer um sentido maior de tempo plantando as bases de uma paisagem que crescerá e continuará a amadurecer por gerações.

Ficha técnica

Projeto: MAHA Xiaoyun Road Pequim
Localização: 8 Xiaoyun Road, Pequim, China

Período de design: 2018-em andamento

Período de construção: 2019-em andamento

Área de Planejamento: 115.000m2

Área de Projeto Paisagístico: 64.755m2

Escopo: Masterplanning, Arquitetura Paisagista
Fotógrafos: Jonathan Leijonhufvud, Amey Kandalgaonkar, LIN Banye, WU Qingshan

Compartilhar artigo:

Share on pinterest
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Assessoria de Imprensa | DC33 Comunicação
Bianca Benfatti press@dc33.com.br
Glaucia Ferreira coordenacao@dc33.com.br
Danilo Costa danilo@dc33.com.br
Phone: (11) 996543535
www.dc33.com.br
@dc33comunicacao

Parceiros

2021 © Copyright – ArqXP – content | business | travel
Domingo, 14 de Agosto de 2022
ArQXP – Experiências Inovadoras em Construção | Alameda Lorena, 800 | Cj. 602 CEP 01424-000 Tel.: 55 (11) 2619.0752