Janela para a paisagem

0
20

Base monocromática valoriza o verde do panorama externo em projeto da Pimont Arquitetura para sede catarinense de empresa de tecnologia.

Duas fachadas opostas envidraçadas, uma delas voltada para uma área de preservação e orientada para o sul são o ponto focal da proposta da Pimont para a sede da empresa de tecnologia Aurum, em Santa Mônica, Santa Catarina. Protegida da insolação pela orientação, a caixilharia emoldura o verde da paisagem e é, ao lado da parede de tijolos de barro, o principal ponto cromático da composição.

“Neste projeto, mais do que nunca a paisagem foi valorizada. A escolha do espaço, com uma das fachadas especialmente voltada para uma área de preservação e orientada para o sul, protegida da insolação, conferiu ao projeto características muito especiais”, explica Henrique Pimont, que ao lado de Mirela Moser concebeu o novo arranjo.

A distribuição dos ambientes valorizou a livre visão para estas duas fachadas, acumulando nas extremidades opostas as sequências de espaços fechados, aproveitando ao máximo a abundante luz natural. “Assim, o coração do escritório é o grande salão de trabalho, onde estão distribuídos os times de acordo com as áreas de atuação”, explica Pimont.

Ruído controlado

A acústica foi o principal cuidado para viabilizar o salão como espaço de trabalho, resolvida principalmente com o revestimento vinílico flexível sobre o piso e o jateamento acústico do teto. Essas medidas diminuíram a reverberação e aumentaram a absorção sonora no ambiente.

Paralelamente, foram criadas cabines especiais para ligações telefônicas, salas de criatividade e de reunião em diversos tamanhos, garantindo que as atividades que geram mais ruídos ou requerem maior concentração pudessem ser desenvolvidas sem interferir no amplo ambiente coletivo.

Hierarquia de espaços e usos

O corredor de serviços une os ambientes de apoio — copa, banheiros, vestiários) e é separado do restante da sala por linhas de brises de madeira que filtram a visão e organizam a paisagem interna do escritório.

No lado oposto, as salas de reunião e de criatividade são todas fechadas com divisórias de vidros duplos. Isso garante em o isolamento sonoro e a transparência para os tijolos de demolição que revestem internamente a parede. Os tijolos, além de aumentar a inércia térmica daquela fachada voltada para o sol da tarde, junto com os brises de madeiras, equilibram a composição do ambiente interno, cheio computadores, mesas de trabalho, luminárias e instalações aparentes.

Na sala de reuniões principal, a mesa desenhada por Pedro Grisotti é inspirada no jogo de pingue-pongue, e eventualmente se transforma para oferecer momentos de descontração à equipe.

Arquibancadas servem de assento para as reuniões e armários para colchões para a prática de yoga.

Dados da obra

Data de projeto: 2016
Execução da obra: 2016
Localização: Santa Mônica, SC.

Ficha técnica

Arquitetura: Pimont Arquitetura
Engenharia: Pillar Projetos e Construções
Ar Condicionado: Tempsul Consultoria e Projetos.
Execução e administração da obra: Epc Engenharia
Piso vinílico: Dwall Revestimentos
Revestimento de tijolo: Olaria Joaia
Jateamento acústico: Nivel Som
Divisórias de vidro: Shellbox
Marcenaria: Sergio Valdrich
Mobiliário: Bortolini
Serralheria: Cg Inox

Conteúdo publicado originalmente pela Revista aU

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.