Hotel-boutique Juma Ópera tem décor assinado por Debora Aguiar

0
61

Recém-inaugurado em Manaus, empreendimento valoriza a arquitetura original e tem vista para o histórico Teatro Amazonas

Bem-estar, conforto, acolhimento e o frescor da natureza são as premissas do trabalho da arquiteta Debora Aguiar, referência no conceito eco-luxury que assina importantes projetos hoteleiros no Brasil e no exterior. O mais novo empreendimento é o hotel-boutique Juma Ópera, em Manaus, um sofisticado complexo formado por casarões tombados e novos prédios que seguem o mesmo estilo arquitetônico original.

Localizado em frente ao histórico e imponente Teatro Amazonas, obra-prima erguida em 1896, durante o Ciclo da Borracha, período em que Manaus vivenciava o clima da Belle Époque, o hotel traz referências históricas desta cena urbana moldada à europeia, notadamente francesa, e mantém suas características arquitetônicas.

Ficou a cargo de Debora Aguiar o projeto de decoração de interiores, sendo 41 acomodações, incluindo a suíte presidencial, a recepção com lobby e bar lounge, o restaurante e o rooftop com piscina, além da academia e dos espaços para reuniões e eventos, um projeto que aposta na sofisticação e no equilíbrio com as antigas construções do entorno.

A arquiteta criou um conceito contemporâneo para trazer a renovação e a modernidade de forma atual, elegante e sofisticada, valorizando a arquitetura existente.

Para isso, apostou no uso de madeiras em toras ripadas em tom mel, fibras e tons suaves, como crus, beges e cinzas. As cores são pontuados por tons de verde, como folha, musgo e cipó, e tons de terra, como argila, mangue e igarapé. Outro ponto importante foi a seleção de quadros que retratam a história e a cultura indígena, bem como a beleza da fauna e flora da Amazônia.

O uso de fibras naturais se faz presente nas luminárias e nas composições de painéis decorativos que valorizam o artesanato local, com balaios, leques e artefatos indígenas. O material também surge nas cabeceiras em uma tonalidade terrosos para trazer acolhimento.

No lobby e suítes, grandes pórticos ganham uma pintura metalizada fosca marrom com luz indireta. Destaque também para as luminárias com design assinado por Debora Aguiar. Painéis em madeira ripada, além de mobiliário e iluminação de design contemporâneos completam a decoração dos espaços.

No coração do hotel, o restaurante foi projetado em um elegante gazebo de vidro com a vista privilegiada do teatro, tendo como destaque os pendentes em fibra com formatos e tamanhos variados, que trazem aconchego e poesia ao ambiente.

“Tivemos o cuidado de unir o antigo ao novo criando contrapontos entre os diversos elementos, e explorando os temas da natureza, da floresta e dos povos indígenas, seja no artesanato, nos materiais de reaproveitamento, nos tecidos e tramas, nos quadros com fotos especiais que retratam estes temas”, diz a arquiteta.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments