Diante do Teatro Amazonas, novo empreendimento em casarões tombados oferece rooftop com piscina, restaurante, bar.

O rico conjunto arquitetônico do centro histórico de Manaus ganha importante reforço a partir de fevereiro, quando o Juma Ópera abre suas portas ao público. O complexo do hotel-boutique é formado por dois casarões tombados e restaurados e dois prédios construídos no mesmo estilo, e tem vista para o Teatro Amazonas, obra-prima inaugurada em 1896, durante o Ciclo da Borracha.

A Amazônia é apontada pelas principais publicações de turismo como tendência de destino a ser visitado em 2020, e uma parada em Manaus também representa a oportunidade de conhecer cartões-postais da região, como o Mercado Municipal e o Palácio Rio Negro, construídos à moda francesa durante os anos de prosperidade econômica do estado.

O hotel conta com ambientes com pé-direito altíssimo, bar, restaurante, rooftopcom piscina, academia e espaços para reuniões e eventos. Sua arquitetura ficou por conta de Roberto Vinograd, enquanto a decoração de ambientes é assinada por Debora Aguiar. Cuidadosamente decoradas em tons pastéis, as 41 suítes possuem ar-condicionado, acesso à internet sem fio, frigobar e TV, além de portas e janelas tratadas acusticamente. Algumas também contam com banheira.

A gastronomia promete ser um dos pontos altos da hospedagem. Sob a cúpula de ferro e vidro, o restaurante Ópera será o espaço para as criações da chef Sofia Bendelak, que assinará os cardápios. Com refinamento e criatividade, a cozinha proposta por ela combina pratos regionais e internacionais. Entre os amazônicos, destaque para Trouxinhas de pato com velouté de Tucupi; Ceviche de Aruanã com Leite de Tigre Amazônico e chips de legumes; Filé de Pirarucu fresco com crosta de castanha, purê de banana pacovã picante e legumes confit; e Picanha com Tucupi Negro, arroz de leite de castanha e farofinha de tostado de bacon. 

Já entre as receitas clássicas estão Costeletas de Cordeiro Oriental com Cuzcuz Marroquino, Bombom de Alcatra com Rosti de batata e farofa de ovo; e Verdes da Mata na Telha de Parmesão. As sobremesas também primam pelo sabor e beleza. Algumas das opções são Texturas de Chocolate Amazônico, Mil Folhas de Tapioca com coco e formiga Dessana; e Profiteroles com Sorvete Amazônico e Calda Morna de Chocolate de Origem. 

A integração com o Teatro Amazonas será total. Além de painéis solares e fiação embutida para valorizar a vista ao símbolo da cidade, haverá som ambiente nas áreas comuns com músicas que remetem a ele. Também serão feitas parcerias com os músicos residentes para apresentações de música ao vivo no hotel.

Mais informações em www.jumaopera.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.