O Grupo Roca reforçou sua presença no Brasil com a aquisição de uma fábrica de louças sanitárias localizada na cidade de Caucaia do Alto, no Estado do Ceará, nordeste do país. Com esta operação, que envolveu um investimento de R$ 102 milhões de reais, o Grupo familiar de capital espanhol reafirma a sua aposta no Brasil, onde já dispõe de outras onze fábricas e 4.170 colaboradores.

Com presença comercial em 170 países, o Grupo Roca afirma que o Brasil é um dos seus mercados mais relevantes, sendo líder na produção e comercialização de louças sanitárias. Além disso, a unidade industrial está localizada em uma região estratégica para o Grupo, próxima ao Porto de Pecém e em uma das áreas de maior crescimento econômico nacional. Isso ajudará a empresa a reforçar sua posição no Norte e Nordeste do país por meio de uma maior oferta produtiva e, consequentemente, na melhoria do nível de serviço ao mercado.

O ativo compreende uma planta industrial (edifícios e máquinas) de 37 mil m², bem como o terreno onde está situado, com uma área de 122 mil m².

A Companhia Sulamericana de Cerâmica (CSC), do Grupo Eternit, até então proprietária da fábrica e dedicada à produção de louças sanitárias, entrou em recuperação judicial em 2018. O Grupo Roca foi o vencedor do leilão para a compra da fábrica após apresentar a maior oferta e receber aprovação das autoridades judiciárias e do Conselho Administrativo de Economia da Defesa (CADE).

Dentro da estratégia de contribuir para o crescimento econômico dos países em que atua, o Grupo Roca criará 270 empregos nesse centro. As contratações começarão em fevereiro e priorizarão profissionais que já trabalharam nas instalações. A previsão da empresa é de que a planta, paralisada desde abril de 2020, entre em operação gradativamente a partir de maio de 2021, com previsão de estar em plena capacidade em fevereiro do próximo ano.

A fábrica, com capacidade de produção de 1,4 milhão de peças por ano, será dedicada à fabricação de louças sanitárias das marcas do Grupo, assim como à exportação da marca Roca para a América Central e do Norte.

As instalações, construídas em 2016, são consideradas uma das mais modernas do segmento e nelas o Grupo implantará seu programa de sustentabilidade EcoRoca, baseado na redução de emissões, economia de energia e reavaliação de resíduos.

O CEO do Grupo Roca, Albert Magrans, destacou que a operação aumenta o compromisso da empresa com o Brasil e o continente americano. “Esta aquisição fortalece nosso crescimento no Brasil, um dos nossos mercados mais importantes e com alta demanda por produtos para a sala de banho, ao mesmo tempo em que reforça nossa liderança mundial no segmento de louça sanitária”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.