“Casas Paulistas: 2000 – 2017” apresenta uma amostra da produção residencial contemporânea através da seleção de 12 casas construídas na área metropolitana de São Paulo.

A Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo lança no dia 4 de setembro a exposição ‘Casas Paulistas: 2000 – 2017’. Com curadoria de Romullo Baratto e concepção de Ruben Otero, a exposição reúne 12 projetos de residências paulistas construídas a partir da virada do século e faz parte de uma série de exibições brasileiras na capital europeia da cultura de 2019.

É possível identificar em São Paulo, talvez mais que em qualquer outro lugar do Brasil, uma prática arquitetônica singular, pautada por algumas ideias que têm origem décadas atrás e cujo debate não raro levanta nomes bem conhecidos. Tendo João Vilanova Artigas como figura mais proeminente, a arquitetura paulista — e sobretudo paulistana — da segunda metade do século passado fincou raízes profundas que nutrem e informam a produção contemporânea.

As casas reunidas na exposição — projetadas pelos escritórios SPBR, MMBB, SIAA, Grupo SP, Longato e Pirondi, Apiacás, Brasil Arquitetura, Andrade Morettin, UNA, Obra, Terra e Tuma e Drucker Arquitetura — apresentam congruências com a produção dos anos 1960, aspecto especialmente notado em um elemento chave: o pátio, jardim interno ou vazio central.

Estes pátios e vazios centrais, chamados pela arquiteta Marlene Milan Acayaba de “espaços de convite ao sonho”, articulam as obras exibidas na mostra, constituindo um conjunto coerente que, de alguma forma, sintetiza a produção contemporânea paulista —que, embora influenciada por ideias do passado, carece do componente ideológico presente naquela arquitetura.Distantes do “sonho” político entranhado nas residências paulistas dos anos 60, que priorizava um projeto social em detrimento de sua forma e caráter simbólico, estas casas contemporâneas parecem, entretanto, guardar algumas semelhanças com aquela produção, notadamente, em relação a aspectos plásticos e compositivos. Os sonhos já não são os mesmos, porém, o espaço do devaneio conserva-se enquanto desígnio.

Casas Paulistas 2000|2017

Curadoria: Romullo Baratto
Concepção: Ruben Otero
Produção de imagens: Nichollas Rottmann
Projeto gráfico e diagramação: Três Design
Parceria Escola da Cidade | Archdaily

Serviço

Período: 04/09 a 04/10/2019
De segunda a sexta, das 10h às 20h
Sábados das 10h às 12h e das 14h às 16h

Programação de abertura

04/09, às 19 horas
Apresentação dos Professores Romullo Baratto e Pedro Ivo C. Freire
Local: Escola da Cidade – Rua General Jardim, 65
Mais informações: www.ec.edu.br
Gratuito

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.