Segura, rápida e simples, a Loft compra, reforma e vende imóveis atuando em nove bairros da capital paulista

Foto: Loft

O mercado imobiliário está cada vez maior, e com a correria do dia-a-dia, é muito comum as pessoas não conseguirem conciliar o trabalho com um tempo para pesquisar e ir em busca de um imóvel. Em meio a este cenário, novas empresas estão se destacando e ganhando um espaço notório dentro do setor.

Criada em 2018, a Loft é uma delas. A empresa faz por completo o processo de aluguel, compra e venda de imóveis, facilitando a vida dos consumidores. A ArqXP conversou com Marcus Grigoletto, cofundador e head de engenharia da empresa. Confira a entrevista completa:

ArqXP: Como nasceu a Loft?

MG: A Loft foi lançada para resolver uma dor do mercado imobiliário, que apesar de contar com uma grande oferta de apartamentos não oferece imóveis reformados e prontos para morar. Além de desburocratizar o processo e conferir previsibilidade, a Loft trouxe dinamismo, transparência e liquidez para o setor.

Uma dor do consumidor é encontrar o apartamento ideal, que atenda às suas necessidades. Muitas vezes, o imóvel precisa de reformas e modernização e, quando pronto, já não atende mais o que o consumidor buscou no início de sua jornada. Isso gera uma frustração muito grande e gastos extras uma vez que, muitas vezes, a demora para vender o imóvel antigo acaba acarretando novas despesas.

Hoje a Loft compra, reforma e vende imóveis e atua em nove bairros da capital paulista, o modelo pode facilmente ser replicado em outras cidades do mundo. É seguro, rápido e simples: para quem compra, o novo proprietário pode mudar para o apartamento reformado em até 30 dias, e ainda pode personalizá-lo como quiser; para quem vende, recebe o pagamento do imóvel em até 7 dias. Além disso, conta com um modelo de permuta que permite que o proprietário ofereça o seu imóvel como entrada no novo.

ArqXP: A Loft é uma empresa nova, já que foi fundada em 2018. Qual é a chave para esse modelo de negócio ter atingido esse patamar em tão pouco tempo?

MG: A Loft, em apenas um ano de operação, conseguiu resolver grandes gargalos do mercado imobiliário. Acredito que o sucesso do nosso modelo de negócio está na satisfação dos nossos clientes que, hoje, encontram uma jornada muito mais simples e prazerosa.

A Loft é uma plataforma digital que utiliza a tecnologia para simplificar a compra e venda de apartamentos. Por meio da plataforma, o proprietário ou um corretor de imóveis pode disponibilizar uma unidade para venda. Um questionário rápido deve ser respondido para a coleta de informações iniciais. Na sequência, uma visita ao local é realizada para avaliação das condições físicas e estruturais da propriedade, e informações de apartamentos similares da região também são avaliadas. Todos esses dados são colocados no sistema para que seja possível chegar a um valor justo de oferta. O processo leva no máximo alguns dias, até que a venda seja concluída e o proprietário esteja com o dinheiro em mãos.

Na parte da venda de imóveis, temos um portfólio virtual robusto com apartamentos de 25 m2 a 330 m2 em nove bairros diferentes na capital paulista. Além disso, os apartamentos são totalmente reformados e ainda os clientes podem personalizar o imóvel como quiser. Temos opções de customização para todos os momentos de vida e ainda damos um ano de garantia e garantimos o selo de qualidade de reformas da Loft.

Outra chave do negócio é a permuta, aceitamos seu imóvel como forma de pagamento por um dos nossos: você vende seu apartamento e sai com um novo lar totalmente reformado. A mudança é rápida e ajudamos com toda a documentação, garantindo tranquilidade.

ArqXP: Como nasceu a ideia de transformar de forma tão significativa a velha lógica de comprar imóveis, reformá-los e vende-los?

MG: O setor imobiliário é dos maiores mercados do mundo mas, ao mesmo tempo, é um dos menos tecnológicos. Uma parte da vontade de mudar a lógica existente veio do insight de que a digitalização facilitaria a jornada dos consumidores, oferecendo unidades prontas para morar e, hoje, com possibilidades de customização.

Os imóveis adquiridos por nos passa por uma revitalização antes de serem disponibilizados para a venda na mesma plataforma. O objetivo é facilitar a jornada de venda de imóveis e na compra de um novo lar. Somos facilitadores e estamos criando uma parceira de confiança para aqueles que estão pensando em adquirir ou trocar de apartamento. Esse processo costuma ser longo e por vezes, quando concluído, já não é mais suficiente para suprir as necessidades da família. Com a Loft, o cliente pode resolver tudo em um só lugar, inclusive ofertando seu imóvel como valor de entrada para a compra de um novo lar, com a comodidade de o imóvel já estar pronto para a mudança, reformando com os melhores acabamentos do mercado.

ArqXP: Em que medida a plataforma digital da Loft contribui para o sucesso de um negócio tão descorruptível?

MG: Um dos grandes diferenciais da Loft é justamente a união de todas as etapas numa plataforma digital com precificação transparente. Hoje percebemos que há um receio muito grande quanto ao valor ofertado por imóveis e a tecnologia é nossa grande aliada. A empresa conta com um sistema proprietário que precifica imóveis com base em transações já realizadas em toda a região e chega ao valor justo, considerando diversos fatores como tamanho, localização, andar e estado de conservação, por exemplo.

Isso agiliza em larga escala o andamento do processo de compra, o que é muito vantajoso tanto para quem está adquirindo o imóvel quanto para quem quer vender imóveis para Loft, incluindo imobiliárias e corretores.

ArqXP: A Loft atua em bairros nobres. Existe planos ou estratégias para a expansão do negócio em faixas de rendas inferiores?

A Loft iniciou a operação com imóveis nos bairros Jardim América e Jardim Paulista e hoje opera também no Itaim Bibi, Vila Nova Conceição, Jardim Europa, Jardim Paulistano, Higienópolis, Moema e Pinheiros, temos um plano de expansão aberto para entrarmos em diversos bairros até o final do ano. Recentemente diversificamos o nosso portfólio e passamos a trabalhar com imóveis entre 25m² e 330m².

Seguimos ampliando a nossa área de atuação e, com a diversificação da oferta em nosso portfólio, com certeza, vamos passar a atender novos nichos de mercado. 

ArqXP: Em que medida a ousadia e a coragem de empreender contribuíram para que vocês estabelecessem uma nova lógica na compra e revenda de imóveis em um momento de crise?

MG: A Loft foi pensada como maneira de satisfazer um desejo de inovação nos modelos de negócio, aliada à oportunidade de revolucionar um segmento ainda pouco tecnológico no Brasil. Sabemos que a compra de um imóvel é uma meta na vida de muitas pessoas e representa uma transformação importante.

Mesmo em um momento de desaceleração, percebemos uma grande oportunidade de oferecer uma plataforma inovadora e que realmente reinvente a dinâmica desse mercado.

ArqXP:  De que maneira os processos de reforma dos apartamentos estão relacionados com políticas sustentáveis de construção?

MG: A densidade demográfica das grandes cidades torna a habitação um grande desafio. As metrópoles estão cada vez mais cheias e há pouco espaço disponível para novas construções. Ao revitalizarmos um apartamento, ressignificamos um imóvel que já existe, excluindo a necessidade de uma nova construção que impacta diretamente, assim reciclamos a cidade como todo. E isso traz reflexos significativos, minimizando impactos no uso e desperdício de materiais.

Além disso, usamos novas tecnologias e métodos construtivos para o aproveitamento dos materiais que instalamos nas reformas, reduzindo desperdícios no geral. Também fazemos recirculação de água, arrumamos toda a parte hidráulica minimizando a perda de água.

Também pensando no meio ambiente, usamos pisos da marca Indusparquet que toda a matéria-prima é proveniente de florestas manejadas e madeiras de demolição, garantindo o menor impacto ambiental.

Os rodapés utilizados, da marca Santa Luzia, em nossos apartamentos são feitos a partir de material reciclado, um processo inovador transforma resíduos de poliestireno (isopor) e poliuretano em perfis altamente resistentes, assim reduzindo o impacto de degradação ambiental pelos resíduos. E entre outras diversas empresas que também fazem parte das marcas que trabalhamos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.