Novas chapas da Castcril e Bold foram desenvolvidas para projetos que atendem principalmente ambientes públicos, como hospitais. Conheça cada uma delas. Texto: Divulgação

Nunca se falou tanto em limpeza de ambientes e objetos como no último ano. A ameaça vem de inimigos invisíveis ao olho humano – os vírus. Eles impregnam superfícies que comumente utilizamos, inclusive para nos proteger, como as barreiras sanitárias que viraram moda nos últimos meses. Daí, haja desinfetantes, sabão e trabalho. Pensando nisso, a Bold desenvolveu a primeira chapa acrílica com tecnologia antiviral do país. Isso faz com que ela seja capaz de inativar qualquer vírus que tenha contato com sua superfície em até 30 segundos. Isso acontece porque a nanotecnologia antiviral, utilizada na produção do produto, atrai e impede a replicação e sobrevivência do vírus na superfície.

Resultados de testes emitidos pelo Laboratório Núcleo Vitro, de Porto Alegre, comprovaram que as chapas são capazes de inativar 99,9% dos micro-organismos. “Vemos um potencial para ajudar muito na proteção aos vírus, não só neste momento de pandemia do Sars-Cov-2”, afirma Reimar Sebold, diretor comercial da empresa, que desenvolveu o produto em parceria com a statup TNS Nanotecnologia. Segundo ele, “objetos com tecnologias antivirais trarão um grande impacto na indústria médica, odontológica e alimentícia em um futuro bem próximo. Já é possível prever a aplicação em diversos setores”. A novidade, aliás, já despertou o interesse de empresas em países como EUA, Colômbia e Uruguai.

Também pensando em facilitar a limpeza de superfícies em ambientes públicos, como hospitais, a Castcril lançou a Solidus. Essa superfície sólida durável e de fácil manipulação é composta por resina acrílica (MMA) e minerais naturais, como o ATH, derivado de bauxita, da qual o alumínio é produzido. Além de bonita, ela é altamente resistente, o que faz com que a torna perfeita para construção de bancadas e apoios. Além disso, a peça é maciça em toda sua espessura. Isso significa que diferentemente das pedras, por exemplo, ela não apresenta porosidade. A superfície assim é 100% higiênica, já que evita a proliferação de fungos e bactérias.

Disponível em várias espessuras e cores, a Solidus pode ser trabalhada ainda como madeira dura, inclusive com a utilização de ferramentas similares. Ela também pode ser cortada, colada, moldada, estampada e impressa. É facilmente renovável e resiste à maioria dos impactos e arranhões que ocorrem em áreas de uso intenso.

Segundo a empresa, entre as principais aplicações da Solidus estão as cubas de cozinha, banheiros e laboratórios. Divisórias, pisos, comunicação visual (balcão, display, letra caixa, etc), revestimento de paredes externas, mobiliário e peças de decoração, entre outras.

Serviço

Para empresas e/ou pessoas interessadas em desenvolver projetos em acrílico, basta entrar em contato com o INDAC – Projetos em Acrílico através do indac@indac.org.br. Se já tem projeto pronto e deseja cotar, só anexa-lo ao e-mail. O contato também pode ser feito pelo telefone: (11) 3171.0423.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.