Dicas para não errar na hora de assentar os cobogós

0
3129

Cuidados vão desde o uso da argamassa correta à preparação da superfície.

Tipicamente brasileiros, os cobogós, inicialmente produzidos em concreto, popularizaram-se ainda na década de 50, quando foram muito utilizados em fachadas. O grande benefício desse elemento construtivo está em permitir a entrada de luz e ventilação natural nos ambientes, sem deixar de lado a privacidade. Hoje, os cobogós podem ser encontrados em diversos materiais, como gesso, vidro, cerâmica ou madeira e em uma infinidade de formas e cores.  Em meio a tantas opções, é comum surgirem dúvidas na hora de assentar e instalar de forma perfeita. Pensando nisso, Elton Burian, diretor de marketing da Burguina Cobogó, preparou dicas rápidas para não errar na hora da instalação.

Cuidados no armazenamento

Uma das principais dicas é evitar o empilhamento dos produtos ou de qualquer material sobre eles. Por ser fabricado em cerâmica, os cobogós esmaltados são frágeis e requerem cuidados de forma a mantê-los intactos até sua aplicação.

Preparação da superfície de assentamento

Antes da instalação, a primeira preocupação deve se em proteger o piso com manta de material descartável, ou papelão e plástico antiderrapante, assim os danos locais são minimizados.

Dicas e macetes de como assentar elementos vazados em cerâmica

Na sequência, é indicado alinhar as peças no chão, tentando deixar da mesma forma que elas vão ficar posicionadas verticalmente. Isso facilita o alinhamento antes de iniciar o assentamento de fato.

Após isso, certifique-se que o piso onde os cobogós serão assentados está nivelado.

Se os cobogós forem fixados em alguma parede, verificar o prumo das mesmas, para evitar problemas posteriores com superfícies tortas. E se os cobogós forem preencher parede a parede, certifique-se que as dimensões estão adequadas, pois os mesmos não poderão ser cortados para acabamento ou encaixe.

Escolha da argamassa correta                                               

Para os cobogós cerâmicos aplicados em ambientes internos, a argamassa utilizada é do tipo ACII. Para ambientes externos com incidência direta e constante de luz solar e/ou ambientes mais úmidos, a recomendação é utilizar a argamassa do tipo ACIII.

Utilização dos espaçadores

Na hora de colocar os cobogós no local, preencha os vãos dos espaçadores em L, T ou em cruz com argamassa colocados entre os cobogós para manter o padrão entre eles, deixando perfeitamente alinhados. Utilize apenas a quantidade necessária para preencher completamente as peças e certifique-se que o processo foi feito por todos os lados.

Cores e tamanho das juntas

Caso as juntas forem coloridas, deixe um sulco com profundidade para que o rejunte no tom escolhido seja aplicado após a argamassa. Uma distância recomendada para o espaçamento das juntas é de 1 cm pelo menos.A dica é não colocar todas as peças de uma vez, o ideal é um dia de intervalo a cada quatro linhas assentadas, para que a argamassa seque com segurança.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments