Dicas para escolher os revestimentos certos para casas pensadas para a terceira idade

0
58

Porcelanatos da Roca Brasil garantem uma casa acessível e segura

Linha Piemonte, da Roca, e Moka, da Incepa, possuem acabamento antiderrapante (ABS)

No dia 01 de outubro se comemora o Dia Internacional do Idoso, data que nos relembra a importância de olhar com cuidado para o envelhecimento e toda população de terceira idade, que necessita de um carinho especial e respeito. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), afinal, o Brasil possui mais de 29 milhões de pessoas idosas e a expectativa para 2060 é que esse número suba para mais de 70 milhões– em um aumento de mais de 150%.

Para garantir saúde, conforto e bem-estar, é importante se lembrar do local que os idosos passam mais tempo: seu próprio lar. “Pensar em uma casa segura e acessível é essencial. Ela deve garantir que o morador tenha autonomia, diminuindo as chances de acidentes domésticos”, pondera Christie Schulka, marketing manager da Roca Brasil Cerámica.

Nesse sentido, a escolha dos revestimentos corretos faz toda diferença e o porcelanato se mostra como uma escolha eficiente, pois, além de seguro, é resistente e de fácil cuidado. “A Roca Brasil Cerámica apresenta um portfólio completo para garantir uma casa bela, funcional e segura”, expressa Christie. O grupo, com suas marcas Roca e Incepa, é um dos maiores fabricantes de revestimentos cerâmicos do país.

Segundo ela, o ideal é apostar nos pisos ABS, pois são antiderrapantes, com um coeficiente de atrito maior. Eles garantem um fácil deslocamento dos idosos e ainda ajudam na prevenção de quedas, pois não escorregam.

Linha Surt, Prestige e Álamo, da Incepa, trazem texturas diferenciadas e aconchegantes e possuem tratamento antiderrapante.

O porcelanato também é uma boa solução para idosos que sejam cadeirantes ou necessitem da ajuda de andadores ou bengalas para se locomover – o revestimento, afinal, é extremamente resistente, não risca e tem superfície uniforme.

“Além das vantagens técnicas, nossas linhas de porcelanato permitem composições harmônicas”, aponta Christie. O ideal é apostar em tons claros ou madeirados, garantindo uma casa iluminada e aconchegante. Mas é importante se atentar ao contraste entre piso e parede, pois assim o morador tem uma noção maior de dimensionalidade dos espaços.

“São investimentos simples, mas que garantem mais segurança e qualidade de vida para todos”, opina.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments