Dicas de como revestir paredes com tijolinhos aparentes

0
394

Tijolinhos estão sempre em alta por sua versatilidade. Para te ajudar, alguns profissionais reuniram dicas preciosas.

Projeto: Oliva Arquitetura Foto: Renan Soares

O tijolo aparente ou tijolo a vista é um revestimento que sempre tem sua tendência reafirmada. Ele encanta e surpreende, é quase um amor ao primeiro tijolinho – brincadeiras à parte! Além de esteticamente atraente, o material combina com diversos estilos, desde o rústico até o clássico.

Se você deseja transformar as paredes da sua casa utilizando os tijolinhos, mas têm dúvidas de qual material escolher, como combinar ou onde é possível colocá-los, o escritório Ieda e Carina Korman, da Korman Arquitetos e o trio de arquitetas Bianca Atalla, Elisa Ju e Fernanda Mendonca, da Oliva Arquitetura, trouxeram dicas incríveis que vão te ajudar na hora da escolha. Confira!

Quais os materiais existentes?

A parede de tijolos aparentes, originais do apartamento, compõe o décor descolado e serve de suporte para várias obras de arte contemporâneas, incluindo uma peça da artista Tomie Ohtake. Projeto: Korman Arquitetos. Foto: JPIMAGE.

Para uma parede de tijolos aparentes, podemos lançar mão de três materiais: maciço – que é o tijolo de barro tradicional, habitualmente utilizado nas construções. “Geralmente encontramos esse modelo nas cores vermelho, palha e mesclado”, diz Fernanda Mendonça.  Também existem as plaquetas, que são opções com menos espessura e maior variedade de tons, ou ainda os tijolos de demolição – que são peças reutilizadas e que têm um aspecto mais rústico e marcante.

“É possível obter esse acabamento de três maneiras – expondo os tijolos já existentes, construindo a parede com esse objetivo e, por último, utilizando revestimentos que imitam tijolos, como os modelos feitos de porcelanato”, explica Bianca Atalla.

Contraindicações

Para essa sala de estar, as arquitetas do escritório Oliva Arquitetura usaram o tijolo aparente para revestimento na cor palha. O tijolinho também recebeu uma pintura misturada com água e depois foi lixado, para ficar mais claro em alguns pontos específicos. Projeto: Oliva Arquitetura. Foto: Julia Ribeiro.

A arquiteta Carina Korman revela que não recomenda utilizar tijolinhos em área com umidade – como banheiros e cozinhas – pois se trata de um material poroso. “O contato direto com água acaba danificando o produto, que se desfaz. Nesses ambientes, o ideal é colocar um revestimento que não seja poroso, como o porcelanato”, indica.

Quais os cuidados é preciso ter com a parede antes de colocar os tijolos?

A parede de tijolinhos foi feita com o modelo de barro tradicional, na qual foi aplicada uma tinta rala, dissolvida em água por toda superfície. Para completar, depois que a tinta secou, o revestimento foi lixado para alcançar o acabamento desgastado desejado. Projeto: Oliva Arquitetura Foto: Julia Ribeiro

Se a parede estiver lisinha, ou seja, acabada com massa e pintura, o ideal é que se faça uma série de recortes ao longo da superfície para a massa aderir melhor e o revestimento de tijolo ficar bem firme após a instalação. A arquiteta Elisa Ju ainda pede atenção: antes de criar uma parede de tijolos aparentes, é importante verificar se o imóvel não possuiu tijolos maciços em sua estrutura – principalmente quando a casa ou apartamento são antigos. “Com o tratamento adequado é possível deixar os tijolos aparentes, após descascar e fazer um acabamento de massa e uma pintura na parede”, indica.

Outro cuidado que se deve ter durante a instalação é se atentar a caixinhas de elétrica na parede que irá receber o revestimento: dependendo da espessura do tijolo escolhido, talvez seja necessário trazê-la para frente.

Como combinar o tijolo aparente com diversos estilos de decoração?

Os tijolinhos foram pintados de branco para clarear os ambientes do loft e dar um ar mais feminino ao décor. A cabeceira de laca cinza traz nichos em ambos os lados, que fazem às vezes de criado-mudo. Para maximizar o conforto, há uma parte estofada que brinca com estampa geométrica.  Projeto: Korman Arquitetos. Foto: JPIMAGE.

O tijolinho é um verdadeiro coringa, basta saber emprega-lo. Para quem gosta do efeito do tijolinho, mas tem medo do ambiente ficar rústico demais, o trio de arquitetas da Oliva Arquitetura recomenda instalar o material com junta seca – ou seja, não colocar argamassa de assentamento cinza entre as peças. Isso deixa o resultado mais leve e refinado.

Quem gosta de uma decoração mais impactante pode optar pelas peças com cores mais abertas, como o tijolo vermelho tradicional. Para aqueles que buscam um visual mais discreto, por sua vez, o ideal é seguir com tons mais claros, como a palha. O importante é combinar o revestimento com o estilo pessoal de cada um e com o restante da decoração da casa.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments