Quinta-Feira, 29 de Setembro de 2022

Concept Store

Projeto sediado em Brasília reúne peças de diferentes épocas, com ênfase no período modernista, símbolo da capital brasileira. Texto: Divulgação | Fotos: André Zimmerer

É no contexto da sustentabilidade que a recém-inaugurada Design Désir faz questão de se orientar. A Concept Store, projeto único na capital brasileira, se dedica ao mobiliário de diferentes épocas, com ênfase na produção modernista dos anos 50 a 70. A Design Désir conta com uma pequena equipe de restauradores e estofadores que desenvolvem um trabalho 100% artesanal para valorização de cada peça. A maior parte das peças são adquiridas no seu estado original de época.

“A reutilização de peças produzidas em outros tempos, objetos produzidos em pequena escala por artistas ou pequenos artesãos, permitem o abrandamento da produção em massa que temos presenciado ao longo das décadas anteriores. São pequenos passos que podem fazer a diferença. É urgente despertar esta consciência”, afirma a criadora do projeto, Helga Carvalho. Como Concept Store, o projeto investe na versatilidade apostando em novas marcas, artistas, linhas de acessórios, tendo sempre como base a linha principal que se foca em peças de design original de mobiliário do século XX.

Arte do Brasil e do mundo

O projeto marca a diferença ao reunir peças oriundas de vários países, sobretudo da Europa, ao lado dos renomados designers brasileiros. A seleção reúne peças icônicas, assinadas por conhecidos nomes do design como os brasileiros Sérgio Rodrigues e Oscar Niemeyer, o alemão naturalizado americano Mies van der Rohe, o holandês Gerrit Rietveld, o italiano Gaetano Sciolari, o polonês Jorge Zalszupin, que se radicou no Brasil e tornou-se um dos principais representantes do modernismo no país, entre muitos outros.

Além da coleção de época, a loja reúne curadorias com obras contemporâneas de artistas emergentes ao lado de outras, não menos interessantes, de autores desconhecidos – incluindo objetos de design contemporâneo, obras de arte, fotografias e objetos decorativos. A seleção é feita diretamente por Helga Carvalho. A escolha está relacionada não só com o valor histórico de cada objeto, mas também com o lado estético.

“Ao selecionar cada peça, gosto de saber a história que está por detrás de cada uma delas, de quem a criou. A herança de cada peça tem um peso muito grande no momento da minha seleção. Mas há peças provenientes de origens desconhecidas que também não me são indiferentes, são aquelas que acho bonitas e que por esse motivo vale a pena apostar”, explica a criadora do projeto. A Design Désir foi inaugurada no início de julho deste ano, no Lago Sul, em Brasília.

Para mais informações, acesse

www.designdesir.com

Instagram: @design_desir

Facebook: Design Désir

Compartilhar artigo:

Quinta-Feira, 29 de Setembro de 2022
ArQXP – Experiências Inovadoras em Construção | Alameda Lorena, 800 | Cj. 602 CEP 01424-000 Tel.: 55 (11) 2619.0752