Confira as dicas da FK Wellness para montar um ambiente confortável, seguro e acolhedor. Texto e fotos: dilvulgação

Seja para uma recepção ou para outras partes internas, a escolha de produtos para a área hospitalar demanda muita atenção ao design e aos materiais utilizados em sua estrutura. Os produtos devem ser funcionais, visualmente agradáveis e harmônicos para garantir o bem-estar do paciente, que se sente melhor quando bem acomodado. Contudo, móveis para hospitais ainda devem ser fáceis de limpar e de manter, e precisam ser seguros e duráveis.

Com atenção a esses pontos e partindo do conceito de que o espaço físico é capaz de promover valores como humanização da hotelaria hospitalar, o FK Grupo criou a marca FK Wellness. Fruto de uma parceria entre a visão futurista e ousada do arquiteto e diretor artístico da marca, Ricardo Bello Dias, e a equipe técnica da empresa, a nova marca é formada por um conjunto de diversas soluções que visam ajudar nos cuidados de pacientes em clínicas e hospitais. “As pessoas procuram o hospital em momentos de fragilidade, o que confirma a necessidade de um cuidado de qualidade que proporcione conforto, segurança e acolhimento. Por isso, trazer os conceitos de hotelaria para dentro do ambiente hospitalar, é essencial e os móveis são capazes de fazer isso”, afirma Bello Dias.

Para auxiliar no momento da escolha do mobiliário ideal, a FK Wellness, selecionou algumas dicas para montar um ambiente seguro e acolhedor.

Analisar a qualidade e a durabilidade do material

Considerar a qualidade e durabilidade dos móveis é de extrema importância, pois o fluxo de pessoas e o uso do mobiliário é intenso. As peças precisam ser capazes de suportar diferentes cargas e a limpeza constante, pois os hospitais estão suscetíveis à proliferação de germes, doenças e bactérias. Sendo assim, independente das cores, do revestimento e o material do mobiliário, as superfícies e o design devem evitar o acúmulo de sujeira e possibilitar a limpeza. Além de oferecer a máxima segurança para todos.

Priorizar o conforto

O conforto é muito importante, pois as pessoas em um hospital, em geral, já lidam com situações desconfortáveis. Por isso, é preciso que o ambiente seja capaz de fazer com que o paciente se sinta mais à vontade e, consequentemente, mais tranquilo e satisfeito. Nesse momento, também é importante considerar qual o modelo de ambiente. Pois, cada um dos locais requer níveis de conforto variados, uma vez que se passa mais tempo em alguns que em outros.

Tipos de mobiliário

Ao escolher os modelos disponíveis no mercado é importante considerar aspectos como destinação e uso, facilidade de limpeza e manutenção, durabilidade, material, conforto e cor. Afinal, de nada adianta um modelo bonito, mas que não seja adequado ao ambiente. Dependendo do estado do paciente, a cama hospitalar pode ajudar nos cuidados e também na sua recuperação. Os modelos são pensados para suprir as necessidades dos pacientes, auxiliar os profissionais no tratamento a mudá-los de postura ou oferecer segurança contra quedas. Os móveis de apoio podem ser armários, sofás, mesas padrão ou de cabeceira que servem de apoio dos pertences do paciente ou seu cuidador. Seja qual for o tipo de mobiliário, devem ser feitas em material durável.

Observar as dimensões

As dimensões devem ser observadas a fim de proporcionar a correta ergonomia para cada tipo de móvel e seu respectivo uso. Por exemplo, os balcões devem apresentar altura e profundidade adequadas. As cadeiras e as poltronas e camas hospitalares devem ter encostos adequados. Além disso, as dimensões são importantes a fim de não prejudicar as atividades realizadas no ambiente — seja o fluxo de profissionais ou de pacientes.

Serviço

Conheça mais sobre a FK Wellness em www.fkwellness.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.