Tons de azul cobrem o teto e revestem trechos de paredes e piso que com o natural da madeira trazem um clima praiano e aconchegante. Texto por Louise Trevisan. Fotos: MCA Estúdio

Construído há mais de 60 anos, o apartamento no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, passou por uma reforma radical para modernizar a planta e receber o apresentador e jornalista Zeca Camargo. O projeto ficou a cargo do arquiteto curitibano Felipe Guerra.

Para a obra, 70% das paredes originais foram demolidas e a laje superior foi reforçada estruturalmente para garantir segurança para o prédio – alterações calculadas pela Titan Engenharia, que executou a obra feita em parceria com a Leroy Merlin.

O azul foi a cor protagonista da área social, usado com diferentes nuances. O teto é o grande destaque ao entrar, foi pintado com tom de azul turquesa para criar um efeito de profundidade. As vigas estruturais expostas também valorizam o pé-direito de 3 metros do apartamento.

Já na cozinha, o azul veio em tons de marinho e jeans no desenho do arquiteto Edan Shoher dos ladrilhos hidráulicos Iemanja, da Adamá. Extrafinos, com 11 mm, e feitos artesanalmente, o design da marca homenageia a natureza e a cultura do Brasil. Usados no frontão da pia e se estendendo até o chão, os ladrilhos delimitam o espaço da cozinha e sala de jantar e vão até a porta de entrada do apartamento.

Harmonizando com o azul, a madeira também está presente no design compondo a paleta de cores do projeto. Presente na bancada da sala de jantar, da Teca, e no painel ao fundo do sofá. Ela também tem a função de conduzir até a área íntima e esconder as portas que levam aos outros ambientes. O elemento natural se repete ainda no lavabo. Tudo em busca de um clima praiano e aconchegante, rico em memórias afetivas.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.