Esta etapa da parceria abrange aproximadamente 9 quilômetros de extensão, entre a Ponte Cidade Jardim e a Estrutura de Retiro, nas proximidades do Cebolão, complexo viário que liga as marginais do Pinheiros e do Tietê. Texto: divulgação.

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), publicou no dia 6 de abril, o chamamento público para a implantação do segundo trecho do Parque Novo Rio Pinheiros, na margem oeste do canal. No local estão previstas pista de caminhada, ciclovia, pontos de alimentação, banheiros, além de novos acessos para interligação com o transporte público. Todas as estruturas e atrativos serão de uso público e gratuito.

O participante selecionado no processo será responsável pelos custos de implantação, operação e manutenção da área. Em contrapartida poderá explorar a publicidade e promover eventos no espaço após o período de quarentena.

O contrato do primeiro trecho do parque foi assinado em janeiro entre a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE), responsável pelo espaço, e o Consórcio Parque Novo Rio Pinheiros, composto pelas empresas Amarílis – representante do Parque Global –, Farah Service, Jardiplan e Metalu Brasil. A área de lazer já está em fase de implementação entre a sede do Pomar Urbano e a Ponte Cidade Jardim, na zona Sul da capital, com investimentos privados de R$ 30 milhões. O trecho possui 8 quilômetros de extensão e ficará interligado a outros parques públicos da região.

O chamamento público para a segunda etapa prevê o recebimento de propostas para criação de áreas de lazer, desenvolvimento de atividades socioambientais, culturais, artísticas e esportivas, além da recuperação ambiental e paisagística, até 20 de maio de 2021.

Para acessar o edital na íntegra clique aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.