A estilista Angela Britto, o fotógrafo e cineasta Ricardo van Steen, e o artista plástico Moisés Patrício abrem suas casas e convidam para seus ateliês. Texto: Divulgação

A edição de novembro da revista Casa Vogue, que chega às bancas na primeira semana do mês, tem como tema “Criativos em casa”, revelando o refúgio inspirador do artista e babalorixá Moisés Patrício e a casa da estilista Angela Britto. A edição traz ainda ícones da street art brasileira: Os GêmeosCriola e Speto.

O Rio de Janeiro foi a cidade que a cabo-verdiana Angela Britto escolheu para viver. A estilista recebe a equipe de Casa Vogue em seu apartamento, no bairro do Rio Comprido, onde extrapola as ideias que embasam suas coleções para dar forma a um lar personalíssimo, com muitas plantas e luz natural abundante.

A estilista Angela Britto recebe a Casa Vogue em seu apartamento que esbanja personalidade. Fotos: Wesley Diego Emes

Na seção Em Casa Com, o artista plástico e babalorixá Moisés Patrício abre as portas do espaço que abriga sua casa e seu ateliê, no bairro do Butantã, em São Paulo. Atabaque, palhas, cabaças, máscaras africanas e velas se misturam com obras inacabadas de Patrício. Espiritualidade e arte se fundem no aconchegante lar do artista.

O lar do artista plástico Moisés Patrício é uma mescla de espiritualidade e arte. Fotos: Ruy Teixeira

A seção Persona celebra a street art brasileira e traz nomes que utilizam as empenas de prédios, muros e o próprio espaço público como suporte para expressar sua arte. OSGEMEOSCriolaSpetoFlipRobinho SantanaSimone Siss e Mundano revelam a multiplicidade da arte urbana brasileira e promovem uma reflexão sobre representatividade e inclusão.

O consultor e estudioso de criatividade Henrique Szklo é o entrevistado da edição e afirma que “a criatividade não é um dom, mas sim uma ferramenta, e que qualquer um consegue aprender a dominá-la”. Como? Ele ensina!

Três residências incríveis e marcantes compõem a seção Casas da edição. Patrícia Cardim, diretora do Centro Universitário Belas Artes, respira arte e convocou a ajuda da amiga e arquiteta, Bárbara Jalles, para projetar seu apartamento, localizado no Jardim Europa. O refúgio é ponto de encontro entre sua vida pessoal e a atuação profissional, e interliga ambientes com múltiplas cores e texturas.

Somente um imóvel amplo, com três andares esparramados por 450 m², no Pacaembu, em São Paulo, poderia acolher a efervescência de Ricardo van Steen. O cineasta, fotógrafo, artista gráfico e diretor de arte foi reconhecido na categoria de ‘Talento em Ascensão’ do Prêmio Casa Vogue Design 2020.

Reconhecido na categoria de ‘Talento em Ascensão’ do Prêmio Casa Vogue Design 2020, Ricardo van Steen abre as portas de seu imóvel no Pacaembu. Fotos: Ruy Teixeira

O gosto e a personalidade do casal João Paulo Siqueira Lopes e Stephanie Wenk se pronunciam na paleta cromática e no estilo impresso por eles em sua residência no Jardim Paulistano, em São Paulo. A casa conserva as estruturas originais, e mostram que o décor cheio de vida e arte bastou para customizá-lo por inteiro.

Casa Vogue de novembro chega às bancas na primeira semana do mês e estará disponível também em versão digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.