Arriscado, criativo e eficiente, projeto de edificação em Granada, na Espanha, explora variedade de tipos especiais de vidro em unidade habitacional.

Desafiando a natureza e projetado para resistir ao clima hostil do Deserto de Gorafe, considerado um dos ambientes mais adversos e extremos da Europa, localizado na província de Granada, na Espanha, a Casa del Desierto tem estrutura de madeira e é totalmente envidraçada. A tecnologia de alta performance e eficiência energética é garantida por lâminas que proporcionam 52% de transmissão de luz e bloqueiam 75% da energia do sol.

Cobrindo apenas 20m², o espaço possui três áreas: quarto, banheiro e sala de estar. A Casa também possui um sistema de tratamento de água, um sistema de geração de energia e um conjunto de painéis fotovoltaicos.

“Esta é uma casa completamente autônoma. Não possui fontes externas de energia, eletricidade ou gás. O objetivo deste projeto é mostrar que, com o vidro certo, o interior ideal pode ser criado em qualquer lugar. É uma prova muito exigente para o vidro”, conta Tomás Kovács, head de Consultoria Técnica para o projeto.

Design interdisciplinar

O design é o resultado dos esforços combinados de uma equipe de arquitetos liderada por Spela Videcnik, da OFIS Architects, juntamente com  engenheiros da Guardian Glass e consultores de energia da AKT II e Transsolar. O objetivo do trabalho interdisciplinar foi promover uma estrutura ecológica e eficiente em termos energéticos. Neste projeto, cada tipo de vidro usado para fechar cada espaço tem um impacto direto, demonstrando que é possível transformar o ambiente interior de uma casa com o vidro adequado às mais diversas situações.

“Podermos criar uma casa com uma atmosfera confortável em condições difíceis, como em um deserto, e é o que achamos mais emocionante. A paisagem é linda, além de ser um refúgio perfeito ou até mesmo uma fuga da vida urbana. Esperamos com este projeto demonstrar que é possível criar uma casa de vidro no deserto com um ambiente confortável”, ressalta Spela Videcnik, arquiteta da OFIS Architects.

A Guardian Glass, além de ter um portfólio adequado, tem as ferramentas adequadas para especificar facilmente os produtos, ao mesmo tempo em que fornece consultoria e orientações ao longo do projeto. Com a ajuda dos vidros de alto desempenho da Guardian Glass, arquitetos e designers de interiores de todo o mundo podem projetar e aprimorar o interior ideal.

O local da implantação

Localizado na parte norte da região de Guadix, na província de Granada, na Andaluzia, o deserto de Coloraos de Gorafe deve seu nome às sombras do arenito vermelho e à diversidade das formações rochosas na área moldada pelas peculiaridades do  sistema de erosão e pela falta de vegetação.

Milhares de anos de erosão criaram os “Badlands”, chamados assim por sua extrema aridez e aparência de barrancos. Cânions, erosões, barrancos, canais e outras formações geológicas similares compõem a paisagem geral deste deserto, que é considerado um dos ambientes mais adversos da Europa.

Conteúdo publicado originalmente pela Revista aU

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.