aU

Atividades extracurriculares e artísticas destacam brasileiros para admissão em Harvard

A consultoria Crimson Education indica melhores maneiras para sair na frente no processo seletivo da universidade
Atividades extracurriculares e artísticas destacam brasileiros para admissão em Harvard. Foto: Crimson Education

A Crimson Education  é uma consultoria educacional e internacional que oferece suporte especializado na preparação de alunos para que sejam aprovados nas melhores universidade dos EUA e Reino Unido. Focada no mundo acadêmico, a empresa orienta e indica melhores maneiras para ingressar na Harvard.

Atualmente, fluência em inglês, excelente desempenho e boas notas já não são o suficiente para que alunos se destaquem e consigam uma vaga em renomadas universidades como a Harvard.“Com tantos candidatos qualificados, simplesmente ser um bom aluno ou ter tirado a nota máxima nos testes de admissão não é mais suficiente”, conta Laila Parada-Worby, gerente da Crimson e ex-aluna de Harvard.

Projetos sociais, aptidões para esporte e experiências no teatro são algumas das alternativas que pode ajudar na seleção.“Mostrar destaque e liderança tem um peso muito grande e outros aspectos do processo seletivo passam a ser mais decisivos, como ter ganho uma medalha em uma olimpíada acadêmica internacional ou ter uma pesquisa científica publicada num jornal”,  ressalta Laila.

Atividades extracurriculares e artísticas destacam brasileiros para admissão em Harvard. Foto: Crimson Education

Ao contrário do que muitos pensam, não são apenas as carreiras em administração e engenharia que são valorizadas em Harvard e não é preciso ser brilhante em exatas para conseguir a vaga. Eles também têm os departamentos de ciências biológicas, literatura e artes, por exemplo, além de atividades complementares como esportes e voluntariado. O importante é mostrar suas qualidades e se diferenciar, independe da área. “Não importa a área, se o candidato tiver motivação, iniciativa, resiliência e liderança, ele demonstrará um perfil mais interessante para as universidades”, recomenda Laila. “Desenvolva projetos e tenha postura de liderança, influenciando positivamente outras pessoas para aumentar o impacto de suas iniciativas”, finaliza a ex-aluna.

Categorias:aU, Content, Pessoas

Marcado como:, , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.