Arquitetas Cristiane Schiavoni e Ieda Korman dão dicas para a comprar torneiras

0
96
Projeto Cristiane Schiavoni / foto: Carlos Piratininga

Longe de ser apenas um detalhe da casa, a torneira merece muita atenção na escolha, sempre pensando na funcionalidade e estética de cozinhas e banheiros. Segundo a arquiteta Ieda Korman, do escritório Korman Arquitetos, a seleção deve equilibrar bom design, alta qualidade, resistência, durabilidade e preço. “Todos estes itens devem ser considerados para um resultado efetivo”, explica Ieda.

Já a arquiteta Cristine Schiavoni, à frente do escritório que leva o seu nome, acrescenta a importância da dupla torneira e cuba para um combo perfeito. “Elas precisam formar um ótimo conjunto. Se optar por uma cuba de apoio redonda com 15 cm de altura, por exemplo, é preciso verificar qual o modelo e tamanho da torneira adequada para aquela área”, explica.

Torneira de mesa x parede: qual escolher?

As torneiras de paredes são usadas, principalmente, com cubas de apoio que ficam inteiras sobre a bancada. Já as torneiras de mesa são as mais comuns do mercado e, quando usadas com cubas de apoio, devem ser mais altas para um excelente aproveitamento da área. “A torneira e cuba devem ser compradas em conjunto e se você não tem uma boa profundidade de bancada, vale investir na torneira de parede para ganhar espaço”, indica Cristiane.

Projeto Cristiane Schiavoni / foto: Raul Fonseca

Ainda segundo a arquiteta, a escolha deve ser feita durante a obra para que seja determinado com antecedência o caminho do encanamento. “Caso não seja previsto antes, possivelmente será necessário uma reforma para instalar o novo ponto de água”, explica Cristiane.

Qual é a altura ideal?

Quando falamos da relação entre torneira e cuba, a altura é outro ponto importante. Na cozinha, por conta das tarefas executadas, os principais fabricantes sugerem que a altura entre a bica da torneira até o fundo da cuba varie entre 17 e 22 cm. “Porém, isso depende da pressão da água, do tamanho da cuba, da posição do ralinho e de outros itens que devem ser avaliados”, explica Cristiane.

Projeto Korman Arquitetos / foto: JP IMAGE

Já no banheiro, o principal item a ser atendido é que caibam as mãos para a lavagem, além de que o movimento delas seja confortável. “Também precisamos verificar se água não vai escorrer pela lateral quando a torneira está localizada no canto da cuba”, conta.

O que é misturador?

Além da torneira convencional que conta apenas com um registro de água, há no mercado os misturadores que permitem a saída de água fria e quente da torneira. Segundo Luciano Almeida, gerente de produtos da Roca Brasil, especialista em louças e metais, existem dois modelos de misturadores: um deles é o de dois volantes que, como o próprio nome já diz, traz duas aberturas que podem ser acionadas separadamente ou ao mesmo tempo para regular a temperatura e o volume de água. “Já o modelo de monocomando tem apenas um volante, que comanda com um único movimento a temperatura e o volume de água”, conta Luciano.

Misturador de dois volantes da marca Incepa / foto: Divulgação

Materiais: metal x plástico

As torneiras podem ser feitas de metal ou plástico ABS. Nas peças de metal, o miolo costuma empregar diferentes materiais, como liga de cobre, aço inoxidável ou latão – sendo o cromado como o acabamento externo mais comum. “Vale ressaltar que o latão é o mais resistente à corrosão, além de que o acabamento cromado é muito mais resistente ao desgaste”, conta Ieda Korman.

Já as torneiras de plástico ABS, também conhecido como plástico de engenharia, são brancas, mas podem ser pintadas de cores metalizadas. “Apesar do preço mais acessível, elas são menos resistentes que as de metal”, conta Ieda.

Aliada ao décor

Projeto Cristiane Schiavoni / foto: Carlos Piratininga

Além de todas as questões funcionais que devem ser observadas antes da compra da torneira, Ieda Korman também ressalta que a peça deve se completar com o restante da decoração do ambiente. No banheiro, por exemplo, se a maçaneta do ambiente é cromada, vale seguir o mesmo conceito e eleger uma torneira também cromada. “Todos os materiais devem estar em uma mesma sintonia para criar um ambiente mais harmônico”, finaliza.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments