Arquiteta orienta como transformar banheiro em sala de banho

0
56

O conceito de sala de banho, que define um banheiro destinado ao relaxamento, se tornou tendência e pode ser usado até em espaços pequenos

Projetos: Karina Korn Arquitetura | Fotos: Eduardo Pozella

O banheiro é um dos espaços mais importantes dentro de uma casa e tem se tornado cada vez mais um lugar de relaxamento. A ideia de fazer do ambiente uma verdadeira sala de banho tem ganhando força dentro das mais diversas residências, já que o tipo de projeto pode ser implantado até mesmo em espaços pequenos.

“Quando vamos para um hotel ou para a casa de alguém, a primeira coisa que costumamos olhar é o banheiro. Isso mostra como esse cômodo é importante para as pessoas”, comenta a arquiteta Karina Korn, profissional à frente do escritório Karina Korn Arquitetura. “A qualidade de vida melhora muito quando temos um espaço onde podemos deixar os problemas do lado de fora”, continua.

Pensando nisso, a Karina resolveu dar algumas dicas da para conquistar um banheiro perfeito para relaxar. Confira:

Independente do tamanho

Mesmo em banheiros com metragens reduzidas, é possível criar uma atmosfera de sala de banho, e a escolha do chuveiro é um passo essencial para essa proposta. “Selecionar um modelo adequado para o banheiro, com o cuidado de saber qual a vazão correta, é o maior aliado para um bom banho”, explica a arquiteta.

Para quem deseja dar um passo além, usar saunas individuais ou uma ducha poderosa é uma maneira de transformar o box em um verdadeiro spa. “Duchas laterais, que são vendidas separadamente, também podem complementar o espaço do banho. Outra ideia é incluir um banco, feito de alvenaria e revestido, e usar as duchas atrás. Isso transforma esse pedacinho do box em um spa em casa.”

Já em banheiros médios e grandes, as opções aumentam. Banheiras, saunas para mais de uma pessoa e ofurôs podem entrar em cena. “Não é preciso gastar muito para ter uma sala de banho. Existem opções para todos os bolsos”, atenta Karina.

Revestimentos e iluminação

Em todos os tamanhos de banheiro, a escolha correta do revestimento e o uso certo da iluminação são de extrema importância. Nos pequenos, muitas pessoas acabam usando revestimentos claros, pois dão a impressão de que o espaço é maior. Mas nada impede o desejo de sair do clássico branco e ousar no projeto. “Há vários revestimentos no mercado que podem ficar super adequados também em espaços menores. Revestimentos amadeirados, bricks e pedras diferentes podem dar a graça que uma sala de banho precisa”, sugere a arquiteta. Optar por um revestimento mais escuro, ou mesmo o próprio amadeirado, dá ao espaço uma possibilidade maior de introspecção.

Para a iluminação, a lógica é a mesma. Temperaturas de cor mais claras, sejam de fontes naturais ou artificiais, proporcionam a sensação de amplitude no espaço. Já luzes mais quentes reforçam o aconchego no ambiente.

Medidas adequadas

Respeitar as medidas mínimas para o tamanho do box ou a altura da bancada, por exemplo, é um fator primordial para ter um banheiro confortável e que possibilita desfrutar do espaço ao máximo. Veja quais são as medidas padrão para:

• Tamanho do box: A largura mínima de um box é 80 cm. A profundidade pode variar de acordo com o tamanho do banheiro, se possível respeitando o mínimo de 80 cm.

• Altura do chuveiro: A altura padrão do chuveiro é de aproximadamente 2,10 m, para pé direito de até 2,40 m. “Mas a medida pode variar de morador para morador, dependendo da solicitação de cada um”, comenta Karina.

• Altura da bancada: Em banheiros, a altura padrão da bancada é 85 cm. “Existem casos em que diminuímos essa altura, quando os moradores têm uma estatura mais baixa, ou aumentamos quando o cliente é mais alto. Mas na maioria das vezes a ideia é manter sempre o padrão por conta do valor de revenda de um imóvel”, explica a arquiteta.

• Altura do espelho: Considera-se, geralmente, a distância entre o final do espelho e o chão de 1,15 m a 1,20 m. “Para espelhos iluminados, costumo deixá-los a cerca de 20 cm do tampo. Todavia isso varia muito de acordo com o pé direito e o efeito desejado para essa iluminação.”

• Distância entre o vaso sanitário e a pia: Por norma, deve-se deixar o mínimo de 35 cm do eixo do vaso até o início do tampo. Mas, sempre que possível, é recomendável ultrapassar essa medida.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments