Sábado, 02 de Julho de 2022

A toca do coelho

Esse estabelecimento de massagem projetado pela Vermilion Zhou Design se inspira na obra de Lewis Carroll “Alice no País das Maravilhas” para criar um ambiente onírico e relaxante. Texto: v2com. Tradução: Maylson de Alencar. Fotos: Yunpu Cai.


O sonho, o sonhar e a terra dos sonhos são espaços de fantasia sem limites, que estão além da realidade, onde a consciência pode relaxar à vontade.

Em As Aventuras de Alice no País das Maravilhas, Alice seguiu o coelho branco através do buraco , para um outro mundo de fantasia, e o Chapeleiro Louco disse: “Há um lugar onde é diferente do mundo no chão. É cheio de fantasia e mistério…”

Já de acordo com “A Interpretação dos Sonhos”, de Freud, diz-se que “O conteúdo dos sonhos se deve à formação da intenção, o objetivo é atender à vontade”. Sonhos são uma libertação, onde podemos escapar brevemente da realidade e experimentar um profundo relaxamento.

Quando você entra na “green massage” Madang Road, esta “toca de coelho” encolhe sua realidade e leva para uma floresta de fantasia que é “ampliada”. O processo gradualmente desconecta seu corpo cansado da realidade, inconscientemente cercado pelo natural, e reorganiza uma nova experiência sensorial. A percepção da consciência é gradualmente liberada e relaxada.

‘Green massage’ Madang Road, está na propriedade comercial abrangente de um proeminente edifício vermelho no centro de Xangai, projetado por Jean Nouvel. Quando você entra no prédio, você fica instantaneamente imerso neste ambiente especial. O espaço de massagem é desprovido do tipo de luzes brilhantes ou grandes janelas abertas de restaurantes ao redor. Um ambiente tranquilo e relaxante é o tom básico desse espaço de massagem.

O estabelecimento não está em um lugar particularmente visível, localizado no piso aberto do segundo subsolo, transformou-se o defeito em uma vantagem, criando a entrada como a “toca do coelho”. Cobriu-se a entrada com grandes plantas verdes, iluminadas por luzes de “lagartas brilhantes”. Ao entrar na caverna, luzes suaves e flores fantásticas superdimensionadas levam você para a área do jardim.

Na história “Alice no País das Maravilhas”, o Chapeleiro Louco e convidados estavam tomando chá da tarde no jardim, o que confere ao conceito da área de espera. Os sentidos do convidado já estão imersos na “peça”. A luz das “lagartas” dançantes na área de massagem guia você para um labirinto mais profundo de flores fascinantes.

A luz gradiente torna-se o centro das atenções da caverna. Espelhos irregulares refletem mais uma vez a sensação fantástica de um mundo onírico. Nosso objetivo é permitir que o corpo e a mente cansados relaxem e se estendam pelas camadas de imersão.

No final, Alice se viu através do mundo dos sonhos, e na ‘green massage’ Madang Road, cria-se uma “toca de coelho” para tirá-lo do estresse e da tensão de uma realidade incongruente com conforto e tolerância incongruentes.

Desenhos Técnicos

Ficha técnica

Diretor criativo: Kuang Ming(Ray) Chou

Design de Interiores: Garvin Hung, Yue Hu, Reykia Feng, Chang Song Li, Yu Xuan Li, Ming Rui Gao

Projeto de Iluminação: Vera Chu, Chia Huang Liao,

FF&E Design, Wan Lu Yang

Vídeo: Ming Shi, Ting Ho

Fotógrafo: Yunpu Cai

Projeto Arquitetônico: Jean Nouvel

Compartilhar artigo:

Share on pinterest
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Assessoria de Imprensa | DC33 Comunicação
Bianca Benfatti press@dc33.com.br
Glaucia Ferreira coordenacao@dc33.com.br
Danilo Costa danilo@dc33.com.br
Phone: (11) 996543535
www.dc33.com.br
@dc33comunicacao

Parceiros

2021 © Copyright – ArqXP – content | business | travel
Sábado, 02 de Julho de 2022
ArQXP – Experiências Inovadoras em Construção | Alameda Lorena, 800 | Cj. 602 CEP 01424-000 Tel.: 55 (11) 2619.0752