A construção foi pensada e criada para ser uma extensão de lazer de uma casa já existente em um bairro arborizado em Brasília, capital federal. Por Pedro Zuccolotto. Fotos por Fernando Guerra.

A família composta por um casal, três filhos e dois cachorros adora receber os amigos em casa e sentia a necessidade de um espaço maior, separado da casa que moravam. “Para ter mais privacidade e conforto nos eventos sociais”, diz Gabriella Chiarelli, à frente do escritório Lez Arquitetura junto da também arquiteta Marianna Resende. Com o briefing bem alinhado com o cliente, as profissionais viram como desafio encontrar uma linguagem para a nova construção que considerasse e dialogasse com o da casa existente. “Tivemos de elaborar um layout livre para acomodar mais de 60 pessoas, já que a família dos clientes é bem grande e normalmente se concentra na casa deles para confraternizar, e projetar um pergolado que conectasse as duas edificações permitindo um vão livre, sem o apoio de pilares”, explicam. No início do projeto, o perlongado seria utilizado apenas para demarcar a circulação, mas acabou sendo estendido – por solicitação do cliente – até que sua área final ficou de aproximadamente 37m². Para as arquitetas, a parte mais trabalhosa durante a obra foi a instalação dele. Uma viga perfil “I” metálica com 10 metros de comprimento faz o principal travamento e foi chumbada na casa existente e no anexo.

Mobiliário

Foram priorizados mobiliários que aguentassem não só a alta demanda de uso como as intempéries de um ambiente externo. Por isso, próximo ao SPA, foram escolhidas peças de área externa, para que as pessoas não precisem se preocupar ao se sentarem molhadas. O mesmo acontece na mesa de jantar com tampo de vidro e cadeiras azuis com assento e encosto em espaguete de PVC, da TokStok. Entre os dois usos, foi colocado um banco que funciona para os dois lados da grande sala, servindo como elemento de integração. Na bancada próxima a cozinha, as cadeiras Célia do designer Danilo Vale trazem mais requinte, contrastando com a ilha de concreto aparente e ganhando atenção e destaque na medida certa.

Área externa

A área externa da casa é o que permite a comunicação entre a nova edificação com a existente. Esse respiro é mútuo. O fechamento entre elas é opcional e acontece com portas de correr que, quando abertas, permitem a conexão da casa com jardim, criando uma sensação de grande varanda. O próprio SPA foi posicionado nessa área para também fazer parte do layout interno do anexo. Nos espaços predominam os tons neutros na decoração do local, enquanto alguns móveis, plantas e adornos concedem um toque de cor ao ambiente. A madeira, presente no painel ripado e em móveis, proporciona um toque quente e aconchegante ao anexo. Na cozinha, uma bancada em ilha construída em concreto armado aparente serve de apoio aos principais usos do espaço. “No piso, optamos por um porcelanato cinza, retificado, que criou um plano uniforme que une todos os usos do espaço, assim como nas paredes, onde aplicamos uma pintura texturizada também cinza. Em resumo, priorizamos materiais simples, em tons neutros e de fácil manutenção”, explica Gabriella.

Iluminação

Como o cliente gosta de ambientes claros, foram utilizadas luminárias embutidas e sem molduras para demarcar o mínimo possível suas posições no forro. “Traçamos eixos de circulação para evitar que a luz incidisse em cima das pessoas, compatibilizamos as posições das luminárias com os ventiladores, que também foram pedidos pelos clientes e criamos iluminações indiretas com fitas de LED embutidas na marcenaria para ressaltar alguns detalhes”, finalizam as arquitetas.

Ficha técnica

Nome do projeto: Casa Anexo
Escritório: Lez. Arquitetura
Arquiteta responsável: Gabriella Chiarelli
Equipe de projeto: Marianna Resende (arquiteta)
Engenharia: Eixo Engenharia
Ano de conclusão: 2019
Área bruta construída: 185m²
Localização do projeto: Brasília-DF
Créditos fotográficos: Joana França

Fornecedores

Piso: porcelanato Downtown GR, 90x90cm, Portinari
Ventiladores: Hunter
Azulejo: Estúdio Mosaico
Cadeiras da ilha: Danilo Vale
Pintura: Efeito Concreto, cor Zepelim, Coral
Quadros: Ricardo Oliveira
Bancada de madeira maciça: Freijó
Bancada branca: Superfície de Quartzo branca
SPA: Riolax modelo Maitê
Revestimento do SPA: Granito preto, São Gabriel escovado

Matéria publicada originalmente na revista aU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.