Instagram

A delicadeza do rosa

Projeto Terraço Aurora, da BC Arquitetos, participou da CASACOR 2019. Fotos: Denilson Machado

Expressar sensações e sentimentos por meio de composições ricas em referências e texturas, e, também, por uma arquitetura limpa, se tornou o dístico do BC Arquitetos. Bruno Carvalho e Camila Avelar, dupla que comanda o escritório com sede em São Paulo e no Rio de Janeiro, participam, pela segunda vez, da CASACOR São Paulo, levando como tema para a edição de 2019 “Planeta Casa”.

O duo apresenta o Terraço Aurora, um espaço de 130 m² que segue uma narrativa delicada, inspirada pela poética contemporânea e minimalista que norteia o novo morar. Na entrada, um imponente pórtico guia os visitantes até o interior completamente cor de rosa, onde se deparam com um décor sútil, mas extremamente elegante.

Definido como uma experiência sensorial, o projeto esbanja design assinado, assim como intervenções artísticas e um incrível pé direto de 7 metros. Ele foi idealizado de maneira que os convidados consigam respirar e se reconectar através dos elementos presentes. “Nosso objetivo é que todos possam, por alguns minutos, ser a Aurora que habita esse espaço”, refletiu Bruno. Englobando um living desconstruído, além de um bar/cozinha, o ambiente transborda bem-estar. O piso de nogueira natural contrasta com a paleta de cores baseada em tons rosados, trazendo conforto e o aquecendo.

Feita a partir de uma técnica de pintura à pó, muito mais sustentável, a fachada, envelopada com um alumínio amadeirado em nuances de branco deco, conta com grandes vãos de portas, que proporcionam abundância de luz natural, ventilação cruzada, além de permitirem a integração entre o interior e o jardim, assinado por Daniel Nunes, que cobre todo o entorno do espaço e cria uma sensação de contemplação e misticismo nos visitantes. 

A cozinha/bar, que também pode ser interpretada como uma estante, é um desenho original do escritório – que é conhecido pela sua expertise com marcenaria exclusiva – feita em parceria da Florense em um tom de rose metalizado.

O mobiliário da Líder Interiores, por sua vez, conta com peças assinadas pela Suite Design, todas escolhidas por meio de uma curadoria especial. As poltronas, por exemplo, homenageiam um dos grandes nomes da arquitetura mundial, Lina Bo Bardi, já o sofá, modular, traz conforto e funcionalidade. As luminárias, da Flos, por Dimlux, completam a composição elegante. Além do viés contemporâneo, os profissionais criaram um paralelo temporal com peças de antiquário, fornecidas por Arnaldo Danemberg, como móveis de meados do século 19, que trazem à tona uma prosa rica em memória afetiva. 

Uma obra de arte aérea, composta por três pedras feitas de material reciclado, foi criada a partir da parceria do designer Domingos Totora e do Estúdio Manus, onde idealizaram de maneira delicada, pequenos elementos poéticos que surgem das rochas e sobrevoam o ambiente.

Objetos feitos à mão, como vasos de barro, poltrona de palha trançada, da Loja Téo, e o tapete de tear manual, da By Kamy, também criam uma sensação mais intimista e aconchegante. 

Outra colaboração do escritório com o Estúdio Manus se apresenta por meio de tecidos tingidos à mão, dispostos na altura do teto, e que funcionam como uma intervenção de arte cinética: pulsante, macia, e cheia de vida. 

Ainda seguindo uma narrativa mais artística, cada coluna presente no terraço conta com uma obra de arte. As faces, desenhos da artista Florian Raiss, foram instaladas de maneira que representassem os amigos da personagem principal, a Aurora, simbolizada, por sua vez, através de uma pintura antiga colocada mais ao fundo. 

Ficha técnica

Arquitetos responsáveis: Bruno Carvalho e Camila Avelar
Área construída: 130 m²
Ano: 2019

Fornecedores

Obra civil: Lampur
Iluminação: Dimlux
Marcenaria: Brumatti
Marmoraria: Arthus
Modulados: Florense
Piso: Parket
Paisagismo: Daniel Nunes
Líder Interiores
Dpot
Arnaldo Danemberg
Loja Teo
Estúdio Manus
Galeria Lume
Galeria Verve

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.